terça-feira, 23 de novembro de 2010

Vídeo explicando sobre a utilização e benefícios dos "Perfumes Afrodisíaco Pheromon".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios da "Velas Beijáveis Sexy Hot".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Video explicando a utilização e benefícios dos "Desenvolvedores ou Bombas Penianas".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos produtos para uso "Anal".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Brinquedos Eróticos".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios do "Anel Companheiro".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios do estimulador "She Agra".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Estimuladores Butterfly".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Strap on - Cintas".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Kits Eróticos".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos artigos de "Fetiche e Sado".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios das "Próteses".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Vibradores Importados".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Masturbadores Cyberskin".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos "Preservativo".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios dos cosméticos "Sexy Hot".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo explicando a utilização e benefícios das "Bolinhas Explosivas".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

Vídeo sobre a utilização e benefícios da "Capa Peniana".



Consulte nossos produtos através do link: www.sexshopdesejointimo.com.br

terça-feira, 16 de novembro de 2010

Orgasmo vaginal e clitoriano: qual a diferença?

Uma vez li num livro do Alexander Lowen (o excelente Amor e Orgasmo) sobre uma pesquisa na qual mulheres relatavam suas experiências com orgasmos vaginais e clitorianos. A maioria delas explicou que o vaginal atinge o corpo como um todo, é mais prolongado e profundo (claro!). No dia seguinte a um orgasmo vaginal, elas relataram um alívio, uma sensação de tranquilidade e plenitude, enquanto que, no dia seguinte a um clitoriano, disseram se sentir ansiosas e agitadas. O orgasmo clitoriano seria um pico de prazer, mais local e agudo, porém com uma sensação de esvaziamento (que explicaria a ansiedade e agitação do dia seguinte).

Duas imagens para essa hipótese: fogos de artifício para o clitoriano, terremoto para o vaginal. Dois sons: grito estridente para o clitoriano, grunhido gutural para o vaginal.

Não é uma questão de escolher qual o melhor, mas entender as características de ambos. Deixo a questão para meninas (“Isso procede? É assim mesmo?”) e meninos (“Lembrando dos orgasmos que já se passaram na sua frente, acha que essa hipótese é verdadeira?”).

Fonte: Alejandra Mendonza

sábado, 30 de outubro de 2010

Produtos eróticos sabor chocolate.

Não é a toa que os gregos denominam a palavra chocolate como “alimentos dos Deuses”. Afrodisíaco, esse ingrediente que conquistou o mundo possui propriedades estimulantes, essas ajudam a liberar a endorfina, o que propicia uma sensação de bem estar.

Além de ser usado para deixar a pele mais bonita, o chocolate estimula o relacionamento e pode ser saboreado de várias formas.

Alguns são próprios para passar no corpo. O kit chocolate Kama Sutra tem três sabores, com direito a um pincel. Basta colocar no microondas e mergulhar o potinho em água morna, com cuidado para não se queimar.
Nessa Páscoa, as novidades vão além. Entre os produtos comestíveis: preservativo, calcinha e óleo que esquenta sabor chocolate, além do gel sabor chocomenta.

Tem coelho de pelúcia com vibrador neon (à prova de água, toque aveludado e com controle de velocidade na base) e óleo para massagem com aroma de cereja, itens que compõe o kit Neon Cesta.

O óleo comestível que esquenta, sabor chocolate, estimulador bullet e fio dental na cor chocolate estão no Coelho Bullet. Mas se a intenção é fazer uma produção especial, que tal se vestir de coelhinha? O look é formado por meia arrastão branca, tiara de coelha, punhos em cetim e pom pom de pelúcia.

Fonte: Vila Mulher

SEX SHOP - Por que o preconceito?

Oi gente...??!?! VAMOS FALAR DE TEMPEROS ÍNTIMOS?

Agora consegui um tempinho para escrever a primeira vez no blog do VilaMulher... Que emoção! hehehehe... Bom, vou falar de um assunto que para uma grande maioria ainda é um "assombro": Visitar uma Sex Shop. Tenho que concordar que muitas lojas possuem tanto falta de ambiente como falta de um atendimento personalizado, usando de palavras coerentes e nada ofensivas ou apelativas, afinal, não é esse o propósito de uma Sex Shop, NÃO DEVEMOS SER APELATIVOS PORNOGRÁFICAMENTE E SIM, SENSUALMENTE, pelo menos na minha loja é essa a intenção!!!.

A idéia é "apimentar" relacionamentos, que com o tempo, caíram na rotina. Usando de psicologia, de intuição, o objetivo de uma loja picante e sensual como uma sex shop é trazer de volta à química, a paixão e o desejo do casal seja ele qual for. Não importa se é gay, hetero ou simpatizante de outros tantos jeitos de amar. O importante é amar e sentir tesão! Ou só tesão. Ou só amar. Mas seja qual for o sentimento, tem que ter prazer em existir.

Aqui, na minha loja, eu mesma faço o atendimento direto ao cliente. Nada de me esconder. Procuro conversar, desinibir, brincar falando sério sobre sexo sem baixar nível ou promover pornografia, afinal, quem compra o produto é que vai fazer a festinha lá fora da loja, onde melhor escolher, não é?

Eu dou a idéia, e idéia do que há de melhor pra se divertir sem perder a identidade na hora H. Tudo que se faça com consciência e que não vá afetar nem a si nem a terceiros, está valendo.

Agora eu me pergunto todo santo dia: Por que tanta gente tem vergonha de entrar em sex shop? O que pensa a pessoa na hora que tem a vontade de entrar, mas falta a coragem e as pernas paralisam mudando de direção? Por que medo de saber sobre sexo se faz sexo?

Gente se liga. Sex Shop é estilo! É isso mesmo. É ser bem resolvida ou bem definida. É estar de bem com a própria vida, sexualidade e com os outros. Pra quem você deve satisfação da sua vida? Pra vizinha que viu você entrar na loja? Ué, minha amiga, meu amigo... se o casamento desabar é a vizinha que vai ajudar você é? Então... Responda-me esta dúvida cruel que me assola desde que montei minha loja (de grande sucesso), pois já estamos no 11º ano. Por que a vergonha? Medo de inovar? De quebrar com paradigmas? Ora, ora... Mas então por que reclamas da rotina se tem medo de enfrentá-la, de vencê-la? Uma pitada de tempero, na dose certa, na medida correta da sua conduta vai fazer mal ? Pense bem... Quanta coisa ainda não sabe sobre SEXUALIDADE? Imagine quanto assunto para conhecer, aprender e também experimentar? Sex Shop é isso. Além de tecnologia e evolução em apetrechos deliciosamente modernos para o sexo é CULTURA, INFORMAÇÃO...

A gente fala de forma limpa, bonita pois o sexo é bonito. O sexo é saúde. É extasiante... Mas claro, tem que amar, tem que ter prazer, tem que gostar de fazer... Tabu, Preconceito? Pra que meu bem? Vamos é ser feliz... e curtir cada minutinho de prazer com quem a gente tem do lado... nem que seja só agora, mas que seja pra lembrar sempre... e outra, não esqueça nunca da camisinha. SEMPRE!

Beijos.... E aguardo respostas à minha perguntinha: Por que o "medão" de entrar numa Sex Shop?

Fonte: Vila Mulher

terça-feira, 19 de outubro de 2010

Prazer com saúde e sem tabú!!!


As dicas de saúde para praticar sexo anal de forma segura e prazerosa.

Sexo anal dicas e mitos Mulheres e homens estão sempre cheios de dúvidas em relação a uma prática que cada vez mais faz parte do repertório erótico dos casais: o sexo anal.

O que é mito e o que é verdade?

Para que o sexo anal não seja nem um tabu, nem uma ameaça a saúde, o Banco de Saúde reuniu dicas essenciais para esclarecer dúvidas comuns.

Sexo anal faz mal à saúde?

Não, desde que alguns cuidados sejam tomados. A prática de sexo anal provoca microcortes na mucosa que reveste o anus, que podem ser portas de entrada para vírus e bactérias. Essas pequenas lesões se cicatrizam naturalmente dentro de dois ou três dias. Ou seja, este intervalo mínimo deve ser respeitado para evitar lesões e infecções.

Também existe uma preocupação quanto à dilatação da musculatura do esfíncter anal que poderia causar incontinência fecal. Neste caso também é válida a recomendação do intervalo mínimo para praticar sexo anal, a qual respeitada, garante a plena recuperação e manutenção da musculatura.

Cuidados de higiene necessários ao sexo anal?

É preciso ter alguns cuidados para evitar que o pênis transporte para a vagina as bactérias que habitam o ânus. O principal cuidado é o uso de preservativo.

Após o sexo anal, é necessário retirar a camisinha e colocar outra nova caso queiram fazer penetração vaginal. Caso contrário, as bactérias que sobrevivem no ânus sem causar danos à saúde podem provocar infecções sérias após serem transportadas pelo pênis até a vagina.

Sexo anal causa hemorróidas?

Não. Isto é um mito. As hemorróidas são veias (varizes) que são causadas por outros fatores.

No entanto, é importante salientar que, se o sexo anal for feito no período de inflamação, sem dúvida agravará o quadro, além de provocar muita dor. Em outros momentos, pode ser feito.

Sexo anal com menos dor e mais prazer?

Existe uma técnica: em vez de partir direto para a penetração do pênis, o parceiro introduz primeiro o dedo. Depois é que vem a penetração. A introdução do dedo faz com que o esfíncter (músculo que circunda a entrada do ânus) se contraia e, nos instantes seguintes, relaxe. Essa é a hora ideal para a penetração peniana ocorrer com mais facilidade e de forma mais prazerosa.

O uso de lubrificante é essencial. O ânus não produz uma lubrificação natural, como ocorre com a vagina quando a mulher está excitada. Sem a lubrificação, o atrito do pênis com o órgão causa uma sensação de incômodo e não de prazer. Por isso, é importante usar um gel lubrificante. Dê preferência aos produtos à base de água, pois eles podem ser usados com a camisinha, sem danificá-la.

Qual a melhor posição para o sexo anal?

A melhor posição é aquela em que a pessoa sinta-se mais confortável e relaxada. De joelhos apoiada nos braços, a tradicional "de quatro" (de joelhos, com os braços esticados e as mãos apoiadas na cama), deitada de bruços com travesseiros ou almofadas sob a barriga para levantar a parte inferior do corpo. Tudo depende da combinação entre os parceiros.

É possível ter prazer ou mesmo chegar ao orgasmo com o sexo anal?

Sexo anal pode ser igualmente prazeroso para homens e mulheres. No caso das mulheres, o parceiro ou ela mesma pode estimular o clitóris simultaneamente à penetração anal para aumentar o prazer. A região anal é cheia de terminações nervosas e muito sensível aos toques eróticos.

Qualquer tipo de carícia no ânus pode ser extremamente prazerosa. Mas isso se a pessoa estiver excitada e relaxada, fator fundamental para que a penetração não seja dolorosa.

Crédito: Banco de Saúde

Fonte: Postado por Arilton Gadelha

Posições.

Mais importante do que o tamanho do pênis é a atividade que ele pode desempenhar. Se você tem um pênis tamanho G ou tamanho P, veja algumas posições que podem ser mais prazerosas.

Se o pênis é avantajado, a posição conhecida como "colher", aquela em que o homem abraça a mulher por trás, é uma boa opção.




Outra tática é o homem ficar por cima, uma vez que ele não precisa penetrar totalmente.






Quando sentados um de frente para o outro, o sexo pode também ser bastante prazeroso, porque a penetração ocorre de forma horizontal.









A sexóloga Carla Cecarello sugere algumas formas de um homem com micropênis, aquele que possui até 4 cm de comprimento, ter e dar prazer. Uma boa dica é a mulher ficar no comando por cima, pois assim o casal fica "bem encaixado" e evita que o pênis escape da vagina. A mulher ficar de quatro também favorece.















Carla afirma que a vagina feminina, por ser elástica, molda-se a qualquer tipo de pênis. "Seja ele pequeno ou grande, a mulher tem condições de receber qualquer tamanho de pênis", diz.

Fonte: Terra - Carla Cecarello em "Manual do Pênis"

Dicas para acariciar um pênis.

A personal sex trainer Fátima Moura ensina pequenos, mas infalíveis truques para acariciar o pênis. Primeiramente, ele deve receber o toque das mãos devidamente lubrificadas com óleo à base de água e, preferencialmente, com sabores.
O homem deve ser colocado deitado de maneira confortável; uma boa dica é cercá-lo de almofadas e usar velas para completar o clima erótico. A mulher, então, fica de joelhos entre as pernas dele. O essencial é sempre olhar para ele, pois os olhos femininos têm de demonstrar a excitação da mulher ao tocar o pênis do parceiro. As pontas dos dedos são as primeiras a entrar em ação e só depois as palmas das mãos ajudam nas carícias. Fátima ainda aconselha a colocar uma música ambiente para dar mais ritmo à masturbação.

Em seguida, a parceira pode se empenhar em agradá-lo com a habilidade da boca. Com a ponta da língua, ela lambe devagarzinho desde a base até a cabeça do pênis. A personal sex trainer diz que a mulher pode pingar uma gotinha de gel na glande e retirar com a boca; se o produto esquentar o local é ainda melhor para a excitação dele. "Outra tática é brincar com bombom de licor. Ela joga o licor no pênis, lambe e depois come um pedacinho do chocolate para finalizar o oral", explica Fátima.

A especialista faz cair aquela idéia de que colocar a camisinha pode quebrar o clima. Muito pelo contrário, o preservativo pode se transformar em uma brincadeira gostosa quando a parceira ajuda a colocá-lo. Primeiro, ela deve lubrificar os lábios com produtos à base de água. Com a boca (e jamais com os dentes para não furar o preservativo), a mulher retira o ar da ponta da camisinha e começa a desenrolá-la no pênis. "Para evitar que haja um desconforto na garganta, ela ajuda com a mão também lubrificada e ainda aproveita para masturbar o parceiro", diz.

Na cama, o que vale é a criatividade. Portanto, o corpo pode se converter em potente instrumento de excitação. A personal dá a dica de a mulher lubrificar a vagina e utilizá-la para massagear o pênis.

E como o sexo para muitos é uma brincadeira, alguns apetrechos podem apimentar o momento a dois. As algemas são ótimas para deixar o parceiro totalmente sob controle para receber os mais excitantes estímulos. "Uma venda no olhos ajuda a aguçar o sentido do homem enquanto recebe o sexo oral", afirma. Penas encontradas em butiques eróticas também garantem diversão antes do oral, quando encostadas na cabeça do pênis.

Segundo Fátima Moura, o mais importante na transa é a mulher transmitir pelo olhar a excitação. "Ela tem de demonstrar que sente desejo pelo homem e que não apenas dá, mas também sente prazer ao dar carinhos a ele", diz.

Fonte: Terra - Fátima Moura em "Manual do Pênis"

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

Prazer anal.

O ânus e o reto são áreas com uma série de terminais nervosos que os tornam extremamente sensíveis ao toque. Nos homens as glândulas da próstata podem ser alcançadas através do reto e uma pressão adequada sobre ela pode resultar em um orgasmo. O ponto-G das mulheres também pode ser estimulado indiretamente através do ânus.

Acrescente alguns brinquedos.

Existem duas grandes categorias de brinquedos para a região anal: aqueles que devem ficar dentro durante o intercurso e os destinados a serem gradualmente puxados para dentro e para fora durante o jogo sexual.

Butt plugs (plugue anal), são brinquedos com base alargada para impedir que entrem totalmente e não possam ser retirados.

Bolas ou esferas (anal beads) São brinquedos com pequenas esferas e uma alça na base para segurar ou com base alargada. Inserindo as esferas o esfíncter se contrai o que pode resultar em um orgasmo. As esferas vêm em todos os tamanhos e materiais.

Brinquedos feitos para ficar durante a brincadeira.

Os "butt plugs (brinquedos)" têm um formato especial projetado para o brinquedo ficar dentro do reto enquanto você pratica outras brincadeiras sexuais. No Jardim de Eva nós temos uma seleção com diversos tipos: com e sem vibro, pequenos, médios, grandes e até alguns modelos resistentes a água.

Brinquedos destinados a serem tirados gradualmente durante o sexo.

Talvez você já tenha ouvido falar em "esferas ou bolas anais”. Trata-se de acessórios de penetração com uma série de relevos em formato de contas. O objetivo é inserir e gradualmente puxar durante o intercurso ou a masturbação. O impacto deste tipo de sensação no seu orgasmo pode ser dramático. No Jardim de Eva temos uma seleção que inclui diversas formas, materiais e preços, incluindo silicone.

Dicas:

- Antes de começar use uma ducha anal.

- O tecido do reto é sensível e pode sofrer pequenos cortes e abrasões muito facilmente. Utilize lubrificante. Montanhas de lubrificante. Os lubrificantes mais espessos são ótimos para esta finalidade porque não evaporam tão facilmente.

Posso usar um vibrador para estimulação anal?

Qualquer brinquedo que você utilize nesta área deve ter uma base alargada ou um cordão para evitar que o acessório escorregue para dentro do intestino através do reto.

Dica: Não utilize vibros tipo Bullet pois o cordão pode se romper, utilize os butt plugs ou as esferas anais com vibro.

Fonte: JardimDeva

domingo, 3 de outubro de 2010

Falta de Desejo Sexual.

Ele quer transar, e você não.

Você quer transar e ele não está disposto no momento. Só que você começa a perceber que esse momento está se prolongando, e que vocês já estão há um bom tempo sem transar. O que será que pode estar acontecendo? Cansaço físico, estresse do dia-a-dia, tentativa de escapar do parceiro ou falta de desejo. Se começa por aí, uma busca de resposta, numa tentativa de entender o que está se passando com a vida sexual do casal.

Pode acontecer de o casal se ‘entender’ e acabar chegando a um acordo, e transam, mas se isso não ficar bem resolvido, e a transa ocorrer para a satisfação de apenas um dos parceiros, para aquele que está com o tesão, a flor da pele, por exemplo, o sexo não será de todo bom. Porque no sexo, e para um sexo, no mínimo bom, ambos envolvidos, precisam de uma certa dose de energia, vontade, libido, só assim o sexo será prazeroso para os dois, mesmo que seja num número de vezes razoável, para os dois, o mais importante de tudo, é a qualidade e não a quantidade.

A mulher de hoje sabe bem o que quer. Quer ser feliz, estar feliz e se sentir realizada, e não somente dar prazer, ela quer receber e com qualidade. Fala com mais clareza de seus anseios e a cada dia se descobre mais. É exigente, sendo capaz de dizer não, e mostrar o que realmente gosta na cama e fora dela.

Para o homem, também houve mudanças, pois teve que se habituar às novas atitudes das mulheres. Tentando entendê-las, porém, sente-se de certo modo acuado e ainda despreparado para esse novo relacionamento onde tanto quanto ele, ela também quer prazer e satisfação sexual.

A falta de desejo sexual é uma queixa bastante ouvida. Homens e mulheres se sentem angustiados por sentirem a insatisfação dos parceiros, e aí entra o medo, e um grande receio em perdê-los, por não conseguirem fazê-los entender que a inapetência sexual, a que estão passando, nada tem a ver com o amor que os unem. Essa indiferença pelo sexo que acaba por provocar muitas crises nos relacionamentos tem mais haver com a vida atual e tudo que ela engloba, do que propriamente o relacionamento em si, mas esse sim, acaba abalado e por vezes sofre um final prematuro.

As queixas sobre esse assunto já foram bem mais específicas, ou seja: Os homens sofrendo com suas disfunções eréteis e o fantasma da impotência, e as mulheres ocultando suas dificuldades em conseguir chegar ao orgasmo. Tudo isso acontecendo, sem diálogo e entendimento, e até mesmo sem a ajuda de profissionais qualificados, leva aos desencontros no sexo, e a um descompasso no desejo, do tipo, quando um está com vontade,o outro não quer, e vice-versa. E é muito difícil lidar com esse tipo de situação, porque entra em jogo toda a relação, os sentimentos, a perda que a relação sofre, a intimidade que vai ficando de lado.

Com as atitudes da mulher, em busca de novos anseios e descobertas, os homens tiveram que se preocupar mais com seu tempo entre a penetração e a ejaculação, pois para o homem, o tempo de sua parceira, não era fator tão importante na hora do sexo, pois sempre acharam que a mulher não se importava em chegar ao orgasmo. Um engano crucial por parte deles, que tiveram que descobrir, o ajuste de tempo para que o prazer sentido, agora seja o de ambos, e não apenas de mão única.

As questões, que podem estar afetando o desencontro sexual, num casal estável:

O estímulo

Às vezes, só o estímulo visual para o homem não é suficiente. É preciso mais do que o visual para se excitar. Que tal utilizar as suas mãos para fazer uma boa estimulação do pênis? E você pode fazer isso, caprichando nas preliminares.

A idade

O corpo muda, sofre algumas alterações com a idade, e a maneira de fazer sexo também. Quem não quer chegar aos quarenta anos e manter a mesma vitalidade de quando tinha seus vinte anos de idade na cama? A vitalidade pode não ser a mesma, mas não serve de regra, pois há homens, que chegam aos quarenta anos, com um ritimo diferente, mas não que se tornem apáticos ao sexo. Um homem maduro não consegue uma ereção do pênis igual à que tinha na juventude, a produção de sêmen é mais baixa, e a pressão de saída do sêmen também diminui, assim como a manutenção da ereção, que também pode ser de um tempo menor.

O estresse

A tarefa de conciliar trabalho, família, amigos, situação financeira, problemas de saúde com a vida sexual, é bem complicada. Todos esses fatores podem interferir no apetite sexual e são ingredientes fundamentais para inibir o desejo sexual. E as mulheres por serem mais suscetíveis aos estresses do dia-a dia ficam com uma baixa na libido. Qualquer pessoa pode ter estresse ou depressão, ficar desanimada, irritada, com alterações do sono, e do apetite sexual.

Essa fase requer paciência, carinho e cumplicidade, pois é preciso ter naturalidade para lidar com os altos e baixos que podem ocorrer na cama.

Jamais faça sexo automático, isso é prejudicial à saúde. Faça por prazer, por vontade.

Alterara a rotina, experimentar uma sessão de masturbação mútua. Praticar atividades físicas. O exercício libera no organismo substâncias químicas que aumentam o bem-estar, e diminuem o estresse, favorecendo a volta da libido.

Um momento difícil

Qualquer relacionamento pode ter seus momentos difíceis. Brigas, desentendimentos, tudo isso pode refletir na hora do sexo. Mas para isso, um bom e verdadeiro diálogo sempre ajuda, é preciso enxergar o que está acontecendo e tentar resolver. “Nada de ir empurrando os problemas, isso só tende a piorar a situação”. A vida “é feita de momentos, e eles costumam sempre passar”.

Saia da rotina busque o desejo e volte a ser feliz sexualmente, e pra começar, você pode fazer muitos mimos no seu parceiro, preparando um cardápio afrodisíaco, com algumas velas aromáticas acesas pela casa, um bom banho juntos, com direito a sais aromáticos e, quem sabe até mesmo um strip-tease caprichado antes de cair na água.
Depois um jantar daqueles.

Quem não gosta de ser mimado, de ter a atenção e o carinho do parceiro. É sempre uma tentativa, voltar no tempo, como no início do namoro, o desejo reaparece, o tesão também, e quando você menos perceber, a vida sexual volta a ser ótima.

E, que tal uma noitada fora de casa, afinal de contas, o mesmo ambiente sempre, cansa os olhos, a mente, e porque não dizer, até mesmo, o corpo.

Fazer uma surpresa, reservando uma suíte num motel novo da cidade, ou mesmo num hotel de luxo, e passar uma noite por mês fora de casa. Se não houver dinheiro para esse tipo de extravagância, procurem um acampamento ou uma pousada romântica na serra. O importante é ficar longe do ambiente doméstico, nem que seja por algumas horas, sem nenhuma outra preocupação na cabeça a não ser fazer agrados um para com o outro. Assim, não há como cair na rotina. A criatividade deve estar presente em tudo na nossa vida.

Fonte: Adriana Sommer da Costa (Sexóloga)

Tudo sobre sexo oral.

Em tempos de AIDS, falar em sexo oral seguro já dá uma idéia do que pode ser considerado “seguro”. O sexo oral também exige o uso de preservativo no homem e de camisinha feminina na mulher. Alguns podem pensar: que estranho fazer sexo oral em alguém usando algum tipo de proteção, que sem graça.

A princípio pode parecer sem graça ou estranho, mas sabe-se que existe uma possibilidade de se contrair o vírus da AIDS através do sexo oral. A boca é cheia de pequenas fissuras, pela escovação, pelo atrito dos dentes na língua, por feridas que possam ter em decorrência de mastigação, por exemplo. E o pênis ou a vagina, durante a higiene ou mesmo durante o sexo oral, podem sofrer também pequenos arranhões ou fissuras.

Sabe-se que se contrai o HIV quando o sangue de uma pessoa infectada entra em contato direto com o sangue de outra pessoa, não infectada. E durante a prática do sexo oral, estando a boca em contato com o pênis ou a vagina, esta possibilidade é real.

Mesmo que seja dito que uma das formas mais difíceis de se contrair o vírus da AIDS seja pelo sexo oral, existe a possibilidade e o melhor é evitar. Existem no mercado camisinhas masculinas de diversos sabores e odores, que facilitam esta prática sem o gosto do látex, se este for um motivo. Também existem preservativos mais finos, que deixam o pênis mais sensível ao toque da língua e da boca.

No caso de sexo oral na mulher, o uso da camisinha feminina é imprescindível. Como o preservativo da mulher é muito caro e também não se encontra em qualquer farmácia, uma alternativa é o uso de filme plástico para a proteção. Isso mesmo, filme plástico, aqueles que se coloca para envolver alimentos. Ele é atóxico, não desmancha em contato com o corpo e não possui furos, o que protegerá os parceiros de um possível contato direto.

E mesmo que duas pessoas infectadas com o vírus da AIDS façam sexo oral, elas precisam tomar as mesmas precauções. Com o tratamento para o HIV, as taxas do vírus tendem a diminuir no organismo dos indivíduos e, se elas transarem com alguém infectado sem o uso de proteção, essas taxas vão aumentar pela troca nos organismos dos vírus.

Já existem indícios de que o vírus da AIDS entrou em mutação, portanto, cuidar-se é a melhor solução para evitar qualquer problema mais tarde. Viver é um bem precioso, e poder viver a vida em sua totalidade é o que todo mundo espera. A vida de alguém com o HIV pode ser normal, até certo ponto, mas o melhor é não contar com isso, e sim, evitar esta doença que tem levado tantas pessoas à morte.

Portanto, sexo oral seguro é aquele feito com proteção. Não tem outro jeito de evitar as DST’s se não for usando camisinha. No início pode parecer estranho, pois, como diz a linguagem popular: “usar camisinha é como chupar bala com o papel”, porém, com o tempo e a habilidade, colocar a camisinha e fazer sexo oral utilizando-a se tornará muito normal e até bastante excitante.

Fonte: Anne Griza (Sexologa)

domingo, 26 de setembro de 2010

Dicas sobre tipos de categorias de produtos eróticos.

Acessórios

- Anéis massageadores em Silicone: São confeccionados em silicone, tem como função massagear o clitóris feminino, alguns deles auxiliam para evitar a ejaculação precoce masculina.

- Anel companheiro: Uma das próteses mais vendidas no ramo erótico tem como finalidade a dupla penetração, geralmente são de tamanho reduzido para não provocar dor na mulher, seu anel é colocado na base do pênis masculino, fazendo com que desta forma ao penetrar a vagina à prótese auxiliar faça a penetração anal.

- Bolinhas tailandesas: Muita das vezes confundida com bolinhas de pompoar, sua diferença em relação a esta é o fato de não possuir peso sigfinicativo. São usadas para trazer prazer à mulher, elas são introduzidas na vagina ou no ânus e retiradas lentamente pelo parceiro, é importante que após o uso sejam lavadas com água e sabão neutro.

- Bolinhas e cones de pompoarismo: Uso fisioterápico, para exercitar o esfíncter na vagina, por isso geralmente são pesados, deve-se começar com um peso inicial baixo e ir aumentando à medida que se ganha força na musculatura vaginal. A mulher que domina esta arte é capaz de deixar qualquer homem louco de prazer, mesmo porque consegue fazer contrações voluntárias e fazer com que seu parceiro chegue ao orgasmo sem se quer se mexer. Além disso, estes produtos são usados por mulheres com incontinência urinária.

- Capa extensora: Não é o tamanho que importa e sim a espessura do pênis, desta forma o uso do extensor, alonga e alarga, nele existem massageadores laterais que
proporcionam maior prazer a parceira.

- Capa peniana: Um pouco diferente da anterior ela é rígida e imita um pênis comum, é usada para prolongar o tamanho do pênis ou por homens que não conseguem atingir uma ereção firme o suficiente para a penetração.

- Bomba peniana: Aparelho para exercícios no pênis, estimula a ereção e exercita a musculatura peniana, existem modelos elétricos e outros que trabalham com bombas manuais.

- Plugs em silicone ou PVC: Muitas pessoas não fazem à prática do sexo anal, devido a experiências anteriores de muita dor. O esfíncter anal não se dilata com tanta facilidade como o vaginal desta forma deve ser trabalhado lentamente, até que esteja dilatado o suficiente para ser penetrado pelo pênis ou por um vibrador, os géis específicos também irão contribuir muito para evitar uma experiência frustrante.

- Ovo vibratório ou bullet: Acessório indispensável para usar sozinha ou acompanhada, o bullet serve para massagear a região do clitóris enquanto se acaricia outras regiões sensíveis da mulher.

- Vibradores: Ao contrário do que muitos pensam o vibrador não precisa ser usado a só, os casais modernos fazem uso deste para brincarem juntos ou para proporcionar a parceira uma dupla penetração, hoje existem modelos como o ponto g, capazes de excitar uma mulher em pouco tempo. A nova sensação do mercado são os vibradores rotativos, que além de vibrar também giram a sua glande dando assim maior prazer, alguns rotativos também contam com um massageador de clitóris.

- Algemas: Quem nunca teve a fantasia de algemar o parceiro como uma forma de demonstrar poder e dominação? Ela é e sempre foi objeto de fantasia de todo homem ou mulher, lembramos que todas as algemas têm trava de segurança, impossibilitando acidentes indesejáveis.

- Incensos eróticos: Já se provou que os aromas têm finalidade importante em qualquer momento de nossa vida, por isso os incensos eróticos são usados há anos no oriente para criar um ambiente agradável a pratica de um sexo confortável.

- Calcinhas comestíveis: Todo homem têm no seu íntimo a fantasia de arrancar a calcinha da parceira com a boca, agora imagine a sensação de pouco a pouco ir lambendo e descobrindo as partes genitais da mulher, trabalhamos com uma calcinha saborosa e bem acabada com detalhes que se aproximam muito de uma calcinha normal.

- Dados eróticos: Existem vários tipos de dados: Posições, que estimula em muito a mudança na rotina do casal. Strip que brinca de forma ao casal fazer um strip juntos, tirando uma peça de roupa por vez. Dado do beijo, sabe aquele dia que você não sabe aonde vai , jogue o dado nele têm escolhas

- Baralho erótico: Existem vários modelos sendo os principais: Masculino que retrata um baralho normal, porem com fotos de homens nus, as mulheres e os homosexuais se divertem muito com eles. Feminino que vêm com fotos de lindas mulheres nuas, tornando seu jogo de truco muito especial. Kama sutra é um baralho de posições que pode ser usado tanto para um jogo comum quanto para se escolher a posição que vai fazer.

- Velas: Aromatizadas para deixar um ambiente erótico com pouca luminosidade e um cheiro especial. Em formato de pênis ou vagina, usadas em bolo de aniversario para se dar boas gargalhadas. Hidratantes que têm o mesmo efeito das aromatizadas, porém podem ter seu óleo hidratante espalhado pelo corpo para uma bela massagem.

- Brincadeiras eróticas: São fantásticas e descontrai o ambiente adulto, imaginem presentear aquele amigo sistemático com um tesômetro, as tampas de latas em formato de seios ou vagina, imagine servir aquela cerveja gelada com um seio pro seu colega beber, dar um pirulito em formato de pênis para aquela amiga. Também muito usadas nos chás de lingerie, despedidas e reuniões as brincadeiras divertem á todos.

Cosméticos

A linha de cosméticos eróticos é diferente da linha tradicional devido à maioria deles ser usado nas partes íntimas, assim seu ph deve ser bem equilibrado, trabalhamos com produtos certificados pela ANVISA para que nossos clientes tenham a certeza de estar usando bons produtos.

- Géis adstringentes: Têm como finalidade contrair o canal vaginal, trazendo para o homem a sensação de uma vagina apertadinha, também conhecido como gel ninfeta ou virgenzinha.

- Géis retardantes: 70% dos homens principalmente nas primeiras relações com sua nova parceira sofrem de ejaculação precoce, o que é natural e normal na maioria dos homens. Este gel tem como finalidade diminuir a sensibilidade na glande masculina proporcionando maior tempo para a penetração. O mesmo deve ser passado no pênis e depois colocar o preservativo, ao contrário ele diminuirá também a sensibilidade feminina.

- Gel umectante ou anestésico: Muito já se discutiu sobre sexo anal e chegaram ao entendimento que entre quatro paredes vale tudo, desde que com carinho e sem dor, algumas mulheres a fim de saciar o desejo de seus parceiros, sofrem dores e desconfortos que poderiam ser evitados ou amenizados com os géis anais que foram desenvolvidos para este propósito.

- Géis excitantes: Como o próprio nome diz, eles têm a finalidade de excitar, ele estimula a sensibilidade e gera calor na penetração, com certeza você vai às alturas.

- Gel do beijo ou labial: Às vezes muitos casais perdem o encanto do beijo ao longo do relacionamento, este produto é disposto a criar novas sensações com aroma e sabor, beije. Beije muito!

- Géis térmicos: Esquenta-esfria , esquenta , aquece, gela pego fogo etc., várias são as sensações que estes géis podem te proporcionar quem nunca brincou com um halls no relacionamento, este é o principio destes géis, criarem “sensações”.

- Bolinhas Explosivas ou Capsulas do Prazer: Ela existe há algum tempo, mas com certeza é a sensação do momento em produtos eróticos e quem a experimenta com certeza pede bis. Inserida na vagina minutos antes da relação sua proteção se assemelha as cápsulas de comprimidos, vai dissolvendo com a mucosa da vagina, e na penetração esta rompe-se envolvendo a vagina com um óleo aromatizado, além do efeito aroma o óleo que em sua composição é diferente da lubrificação da mulher, faz com que se gere mais atrito durante a penetração proporcionando maior sensibilidade do membro, tanto para o homem quanto para a mulher, além disso, ele gera calor, o que deixa a transa melhor ainda!

- Gel refrescante ou comestível: Seu conceito nasceu da necessidade de se criar um cosmético específico para a pratica do sexo oral, que está presente em todas preliminares de uma boa transa, daí a razão de ser “comestível”, com vários sabores disponíveis pode se variar o sabor dia a dia , sempre como uma novidade ao casal , pode ser usado tanto na região genital da mulher quanto do homem , deve-se lembrar que além de tudo este produto também têm ação lubrificante.

- Perfumes afrodisíacos: Os bons perfumes eróticos têm em sua composição feromônios ou feromonas que são substâncias químicas dos seres da mesma espécie que são capazes de desencadear reações específicas do tipo sexual, despertando o parceiro.

- Massagem sensual: Uma boa massagem, é o início correto de toda relação, disponibilizamos em nossa linha várias fragrâncias de óleos de massagem cada um com uma finalidade, lembrando que aromas como: Ylang Ylang e Kama sutra, são altamente afrodisíacos.

Banho Sensual

- Espuma de banho: Para uso em banheira de hidromassagem além da fragrância ele gera uma espuma poderosa que lhe trará momentos de conforto e prazer. Também pode ser usada no chuveiro, aplicando em uma bucha de banho e espalhando pelo corpo, brinque com a espuma!

- Sabonete íntimo: No período menstrual como também no dia a dia, a vagina produz odores devido a bactérias naturais do organismo, que não são agradáveis, principalmente pelo parceiro ou parceira que ao se relacionarem sentem estes aromas, desta forma o sabonete íntimo higieniza a região genital, deixando um cheiro agradável.

Próteses

- Próteses maciças com ou sem escroto: Muitos homens se espantam com uma prótese achando que elas vieram tomar o seu lugar, na realidade este é um mito criado pela sociedade. As próteses existem para serem usadas a só ou a dois, muita vezes elas são complementares em uma relação proporcionando, por exemplo, uma penetração dupla ou até mesmo auxiliando o homem naquele momento que ele já exausto não consegue mais uma rigidez na ereção e a parceira quer mais. Algumas podem apresentar uma ventosa que é usada para afixar a prótese em bases lisas como cadeiras, mesas e até mesmo no Box do banheiro. Outras têm na sua base um redondo saliente que serve para ser adaptada a uma cinta elástica, muito usada para troca de papeis ou por homosexuais. O pênis de ponta dupla é mais usado por lésbicas. Existem também as próteses afrodisíacas com aromas e cores diferentes.

- Prótese com vibro: Existem dois modelos de próteses com vibro, sendo uma com controle interno e uma com controle remoto sem fio, todas possuem sistemas de vibrador, o diferencial entre elas é que aquela que possui controle pode ser usada em cintas elásticas.

Lingeries

- Lingeries e fantasias eróticas: Muitos homens sentem mais prazer ao ver uma mulher com uma linda lingerie do que nua por isso esta peça se tornou algo extremamente estimulante em qualquer relação. Temos vários modelos de lingerie, entre eles estão as fantasias que com certeza é um material que desperta sonhos eróticos na maioria dos homens, além das fantasias oferecemos linhas de calcinhas ou tangas.

Sado

- Sado-Maso: Muitos se assustam com esta linha de produtos achando que não estão prontos para viver emoções tão fortes, libere suas fantasias e seja dominadora ou dominada.

quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Por que sexo vende mais do que nunca?

Durante décadas, o mercado americano de produtos eróticos, que excluindo a indústria da pornografia, dá contas de até US $ 2 bilhões em vendas total a cada ano, foi dominada por um punhado de grandes empresas como Doc Johnson e Good Vibrations. Mas isso está mudando, graças a uma combinação de e-commerce e uma mudança gradual nas atitudes sexuais dos consumidores. Isso, mais a determinação de muitos empresários de sair das sombras e arrastar seus negócios para fora de suas próprias fronteiras.

A AVN Adult Entertainment Expo em Las Vegas, maior feira dos Estados Unidos, atrai cerca de 35 mil visitantes e mais de 400 expositores a cada ano, incluindo um número crescente de proprietários de pequenos negócios, dizem os organizadores. A Venus-Berlim, a maior feira do setor na Europa, que acontece a partir do dia 21 deste mês na Alemanha, espera durante o evento a participação de 60 países para os quase 400 expositores, 6 mil visitantes profissionais, 28.000 consumidores e 700 jornalistas durante os 4 dias de duração da feira.

Não surpreendentemente, a AVN oferece na feira anual uma conferencia para tratar dos desafios únicos de operar um negócio para adultos e a Venus-Berlim está lançando o primeiro congresso para debates em sua 14ª Edição.

No Brasil o Seminário Empreender no Mercado Erótico está em sua 5ª Edição, contando com a Edição pioneira do Erotic Point Business, são 6 edições debatendo os interesses do setor, provando que o Brasil é vanguardista. A feira erótica em São Paulo, maior da América latina inicia agora entre os dias 8 a 11 sua 17ª Edição e se prepara para realizar a primeira feira internacional no Brasil comemorando a maioridade em sua 18ª edição já com vistas nas transformações por que passa o mercado erótico mundial.

No entanto o preconceito continua desafiando os empresários da indústria de sextoys. Pat Davis, CEO da Passion Parties , fornecedor americano de produtos eróticos com sede em Las Vegas, diz que sua empresa cresceu distante de bancos e outros financiadores de pequenos negócios porque estes órgãos se recusam a apoiar a pornografia.

Eu lhes digo: “Nem eu apoio a pornografia”, diz Pat Davis . “Nosso negócio é sobre educação sexual e temos muito claro em nossa mente quem somos e o que estamos fazendo”. Como muitos empresários de sextoy, Pat Davis conta com investidores privados para financiar a expansão do seu negocio.

Lançado em meados de 1990, a companhia de Pat Davis fornece kits e treinamento para mais de 20.000 conselheiros independentes, que organizam as promoções dos produtos nos lares de todo os Estados Unidos. (Imagine uma reunião de Tupperware de produtos eróticos.) Os encontros costumam atrair cerca de dezenas de mulheres – a partir de mães que ficam em casa a executivos de empresas – que podem comprar produtos diretamente dos conselheiros ou encomendar da empresa. Cada conselheiro traz entre US $ 500 a US $ 1.000 em vendas, que é dividido entre o conselheiro e a empresa Passion Parties.

“Acho que depois de Sex in the City as mulheres puderam olhar para estas questões e falar mais abertamente sobre sexo”, diz ela.

“Há um ambiente extremamente favorável lá fora, em comparação com a competitividade tecnologica atual “, diz Suki Dunham, 39 anos, co-proprietária do OhMiBod , uma empresa baseada na Groenlândia, lançada em 2006 em sociedade com seu marido.

Ainda assim, diz Suki Dunham, há um estigma ruim em torno da indústria que muitos empresários estão lutando para dissociar os seus produtos da pornografia. OhMiBod e outros pequenos estão mudando seu foco de mercado para casais com embalagem sugestiva e menos agressiva, acrescenta Suki Dunham .

Eles também estão criando suas próprias feiras que, ao contrário da AVN Adult Entertainment Expo, pretende excluir DVDs hardcore e websites de conteúdo pornográfico. É o setor cada vez mais sensual erótico e menos pornográfico.


A abordagem está funcionando. Nos últimos anos, os sextoys – ou produtos eróticos sensuais, como eles são agora chamados frequentemente – começaram a aparecer em Amazon.com, Walgreens.com e outros sites de compras de estilo magazine. Na famosa loja de departamentos Fred Segal Santa Mônica e na boutique chiquérrima Coco de Mer em Melrose, os clientes podem escolher vibradores JimmyJane, enquanto tomam um cappuccino.

Moral da história: Quanto mais longe da pornografia, mais perto dos lucros.



Fonte: Agência ATENAS

Produtos eróticos baratos para esquentar seu dia dos amantes.

No dia 22 de setembro é comemorado o dia dos amantes, para você que quer aproveitar a noite sem gastar muito, preparamos algumas sugestões de produtos sensuais a preços econômicos.

No dia 22 de setembro é comemorado o dia dos amantes. Se você quer aproveitar a data como uma desculpa para fazer uma surpresa e deixar seu namorado ou marido louco na cama, confira uma lista de produtos eróticos excitantes e baratos que prometem esquentar a sua noite sem esfriar o seu bolso.

- Para o banho: Os sex shops disponibilizam uma série de produtos voltados para um banho de banheira a dois. Espumas e sais de banho aromatizados são essenciais para criar o clima perfeito. Cada um pode custar algo na faixa de R$ 15, mas o preço pode subir dependendo da marca escolhida. Outro bom acessório é uma caixa com pétalas de rosas perfumadas, que sai pelo preço aproximado de R$ 25.

- Para iniciantes: O kit Prudence Fetiche conta com seis preservativos (três ultra sensíveis e três com ondulações), lubrificante íntimo sabor morango, uma venda para os olhos e uma pluma. Os aparatos são simples, mas podem gerar uma boa brincadeira na cama. O preço: R$ 21,90.

- Sadomasoquismo: A fantasia de dominação presente no universo sadomasoquista é recorrente para muitos casais. Para ajudar na concretização desta ideia, diversos kits estão disponíveis nos sex shops. Compradas separadamente, algemas saem por mais ou menos R$ 35. O preço de chicotes gira em torno de R$ 40 e um conjunto de cordas custa, aproximadamente, R$ 40.

- Anéis penianos: Anéis penianos são uma boa maneira de dar à mulher um prazer diferente. Geralmente feitos de silicone, eles são colocados em volta do pênis e estimulam o clitóris. Alguns estimulam também o ânus durante a relação. Um anel sai por volta de R$ 15.

Fonte: Abril.com

quarta-feira, 15 de setembro de 2010

Sex shop feminino: sutileza e erotismo!

Entrar em uma sex shop não é mais um tormento como costumava ser. Antes, considerados ambientes exclusivamente masculinos, o quadro se inverte e, hoje, as mulheres são as principais consumidoras de artigos sexuais.

Segundo dados da Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme), 80% dos clientes dessas butiques eróticas são do sexo feminino.

Para atender o público feminino que possui um perfil bem diferente das tradicionais sex shops, as empresas mudam seu estilo e apostam em ambientes discretos e sofisticados, dando lugar a verdadeiras butiques eróticas.

Com um ambiente moderno, a Revelateurs, aposta em um atendimento discreto, para que todas as mulheres se sintam a vontade para apimentar sua vida sexual, seja com a aquisição de uma bela lingerie, uma camisola mais sensual e, mesmo, brinquedinhos para incrementar sua relação. “Queremos que a cliente se sinta como se estivesse em nossa loja, visualizando os produtos, conhecendo os detalhes e podendo criar um presente personalizado”, conta Anna Maria Faro, proprietária da loja.

Agora, se você ainda não se sente à vontade pare entrar em uma, a dica é o site da loja, que entrega em todo território nacional com embalagens pra lá de discretas. Até as mais tímidas irão querer arriscar.

Falando em tímida, quem não lembra do hilário episódio de Sex and the City em que a introvertida Charlotte conhece e se apaixona pelo ‘Rabbit’, um vibrador super bonitinho que tem a cara de um coelhinho. Lembrou? Talvez esse seja um bom incentivo para você deixar a vergonha de lado e se divertir!

Fonte: Vila Dois

Aprenda a usar os cosméticos eróticos.


Géis, lubrificantes, creminhos e outros cosméticos são verdadeiras delícias que podem ser saboreadas a dois. Para quem ainda não se aventurou neste novo mundo de prazeres descobre novas sensações através dos seus vários efeitos, como aquecer e esfriar a pele ou prolongar o prazer.

Adstringentes, por exemplo, garantem mais prazer ao homem porque dão a sensação de sentir o estreitamento do canal vaginal, ou seja, de que a mulher ainda é virgem. A consultora sensual Fernanda Pauliv, do Centro Integrado da Mulher Joanah Pink, indica sempre utilizá-lo com um lubrificante uma vez que os adstringentes retiram toda a umidade da vagina. "Isso pode gerar um desconforto na mulher durante a penetração", diz.

Tatiana Venturini, designer de produto da rede Sexy Fantasy, recomenda aplicá-lo na entrada do canal vaginal 20 minutos antes da relação sexual com o auxílio do próprio dedo. Lembrando que sempre deve se optar pelos produtos à base de água. "E com registro da Anvisa. Também não pense que ele faz milagres, seu efeito é rápido", destaca a sexóloga Carla Cecarello.

Se a intenção é apenas dar uma aquecida na relação, com uma leve brincadeira erótica, os cosméticos com efeito quente e frio trazem frescor ou fazem a pele pegar fogo durante uma massagem mais sensual, também nas regiões íntimas. "São ótimos para usar nas preliminares. Alternar as sensações térmicas em diferentes partes do corpo causa uma sensação muito gostosa", diz Pauliv.

Para este momento, a designer indica o Oral Sexy, que em contato com a mucosa vaginal tem a função de esfriar e esquentar. "Seu efeito se intensifica com a massagem e a respiração. Possui pH 4,5, indicado para a região", diz. Já o Gel Especial Pheminna é um excitante indicado para ambos os sexos.

Quando o casal conquista mais intimidade geralmente ele sente a necessidade de fazer novas experiências, entre elas o sexo anal. Para as mulheres, ele pode ser um pouco desagradável e dolorido, por isso às vezes são usados lubrificantes com efeito anestésico durante a prática. "Em qualquer relação, não só na primeira, é sempre indicado aplicar uma quantidade mínima. O uso em excesso na penetração pode tirar toda a sensibilidade inibindo inclusive o prazer. Para não errar coloque o produto no dedo e aplique na área externa (esfíncter) com uma leve fricção para que seja absorvido. Normalmente a absorção é rápida e o efeito esperado é imediato", explica a consultora.

Também é preciso bastante cuidado para não exagerar na prática do sexo anal. "Quando o efeito do produto passa, geralmente pode vir um grande desconforto, pois as mulheres não têm noção da força e da profundidade da penetração enquanto o anestésico está agindo", alerta Pauliv. Outra recomendação, isso da sexóloga, é sempre usar o preservativo durante a prática, com ou sem anestésico, que por sinal deve ser à base de água. E nunca tentar lubrificar a região com saliva ou mesmo xilocaína.

Para a consultora, uma outra forma de começar o sexo anal é através dos dedos. "Antes da penetração propriamente dita o parceiro deve lubrificar bem um dedo e introduzir no ânus da mulher, de forma gradual até que ela se acostume e a área externa anal relaxe. A seqüência pode ser repetida com o uso dos dois dedos", explica. Somente após isso é que a penetração com o próprio pênis acontece. Segundo Fernanda, a prática se torna mais agradável se o homem aliar beijos e carícias, o que vai aumentar o grau de excitação da parceira.

Os retardadores também entram na categoria de cosméticos eróticos. Indicado para ser usado nas preliminares, este produto tem a função de adiar a ejaculação do homem e prolongar o prazer a dois. "É uma forma de elas terem mais tempo para chegar lá. Conforme uma pesquisa do Instituto Kinsey, 93% das mulheres após 21 minutos ou mais de excitação conseguem chegar ao orgasmo. Desta forma, unindo o tempo das preliminares com a relação sexual propriamente dita, um retardo na ejaculação pode representar minutinhos preciosos", destaca Fernanda.

Entretanto, Cecarello indica sempre usar o produto com moderação, pois ele tem um efeito superficial. "A contra-indicação é para pessoas alérgicas ao uso dos ativos do produto ou hipersensibilidade na mucosa. E sempre deve ser usado com preservativo", finaliza designer Tatiana.

Fonte: Juliana Lopes

Desmistificando o vício de artigos eróticos.

A individualidade e a rotina são uns dos principais motivos do segmento erótico vender cada vez mais ao ano. Solteiras e casadas podem ser vítimas do uso desvirtuado de alguns desses artigos.

Preocupada com a saúde sexual de seus clientes e num atendimento personalizado, a Rede Mel, empresa de produtos eróticos e sensuais de venda direta, firmou parceria
com a sexóloga Carla Cecarello para fornecer consultoria às revendedoras e desmistificar temas sexuais polêmicos e presentes no cotidiano. Com acesso à informação, a equipe de vendas entende um pouco mais sobre o comportamento sexual e a hora certa de recomendar e escolher um produto.

Um dos temas polêmicos,é saber se estes produtos eróticos viciam. Com um tempo de uso, é possível sentir prazer somente com o uso desses acessórios? Com este costume, o orgasmo não é mais atingido através de uma relação sexual natural?
“Não que os artigos eróticos contenham substâncias químicas que viciam as pessoas, mas seu uso pode se tornar tão agradável ou até melhor que a relação sexual. Isso pode acontecer sim: preferir aos acessórios que ao(a) parceiro(a) ou então, permanecer com momentos solitários, como a masturbação”, observa Carla.

Segunda ela, o uso de acessórios para apimentar a relação ou satisfazer-se sozinha (o) é saudável até o momento em que o casal percebe que o uso dos mesmos torna a relação mais excitante, divertida, mas que não se crie a necessidade de toda a relação sexual utilizá-los. Realmente, é encará-los como co-adjuvante na relação e não protagonistas.

Os sinais que identificam que o “vício” está instalado é, principalmente quando em TODAS (ou na maior parte delas) as relações sexuais é sugerido o uso deles. Ou então, quando a pessoa passa a gastar muito dinheiro com acessórios sexuais. Ou ainda quando passa uma boa parte do seu tempo buscando coisas novas, em termos de artigos eróticos, na internet. Estes são os principais indícios. Não existe um perfil específico para identificar essa tendência, depende muito da personalidade e carência de cada um.

Dos mais “perigosos”, os vibradores em formato de pênis podem viciar mais. Isso se aplica tanto às mulheres quanto aos homens. Em seguida, os estimulantes e massageadores. E aí, se o casal, de vez em quando desejar experimentar acessórios sexuais, esta é uma ótima chance para conhecerem outros acessórios (e não ficarem só nos tradicionais) para se divertir e esquentar mais a relação.

Exemplos de produtos criativos que dão prazer simultaneamente,são: capas penianas massageadoras, nas quais tem diferentes texturas para dar mais prazer ao corpo da mulher e do homem. Em alguns casos, há ainda, um estimulador clitoriano instalado estrategicamente na base dessa capa, introduzida no pênis do homem, garantindo prazer mútuo.

Capa peniana com estimulador:
O anel peniano ganhou o reforço de um minivibrador instalado no estimulador clitoriano. O aparelhinho, que, aliás, vem na mesma cor que o anel (um tom rosa bem feminino), emite vibrações fortes. Não deve ser usado por mais de 30 minutos seguidos.

Butterfly com vibro é o mais desejado dos estimuladores. A borboleta produzida em jelly vem com uma cinta para o perfeito posicionamento sobre o clitóris, deixando o casal livre para a penetração e para alcançar o prazer ainda mais intenso. A cápsula vibratória multivelocidade acoplada ao bichinho é controlada por um controle remoto com um fio de 65 cm, o que permite seu uso separado em todas as partes do corpo.









Fonte: Carla Cecarello - Jornal Brasil Fashion News

quarta-feira, 8 de setembro de 2010

Sex shop revela segredos íntimos.

Na véspera do Dia do Sexo, ainda não incluído no calendário oficial, repórter do BOM DIA relata experiência em loja.

Cristiano Zanardi/Agência BOM DIA


Ainda não faz parte do calendário oficial, mas há dois anos o Brasil comemora em 6 de setembro o Dia do Sexo. Uma campanha nacional tenta formalizar a data para discutir, divulgar, quebrar tabus e preconceitos. E se divertir, por que não?
Para não ficar restrita a uma matéria com informações biológicas, psicológicas e comerciais relativas ao tema, decidi viver uma experiência inédita [para mim]. Fui numa sex shop!

E relato tudo aqui.

Esperava um ambiente meio secreto, escuro, com tons avermelhados…

Acreditava que as funcionárias ficariam constrangidas e fugiriam das fotos. Imaginei, acreditem, que seria levada para um canto para fazer, em tom de voz baixo, as perguntas jornalísticas. Assim não atrapalharia os clientes.

Nada disso. Não, a loja não é escura. Todas as luzes são acesas normalmente. Os tons avermelhados ficaram na imaginação. Fiz todas as perguntas em tom normal, com os clientes entrando e saindo sem problemas.

As funcionárias? Nem pensaram em fugir do fotógrafo, pelo contrário. Posaram semi-fantasiadas, deram nome, idade e fizeram brincadeiras sobre os produtos.
Comecei pela prateleira dos cosméticos: gel comestível, perfumes para atrair o sexo oposto, bolinhas explosivas e pomadas.

Além de sabores, o gel para massagens e sexo oral tem a característica de esquentar a pele. Acho que fiz cara de dúvida, porque uma vendedora logo passou a substância no meu braço. Esquenta mesmo, rapidamente. O sabor: abacaxi com vinho. O nome: espanhola.

Ao lado, vejo uma caneta. É para desenhar no corpo. Também comestível, nos sabores chocolate e morango. “Aqui quando não treme, come”, brinca a vendedora. A segunda etapa foi na sala dos vibradores. Tem de todos os tamanhos e cores. Dos mais simples aos mais sofisticados. A estrela do momento é a butterfly, uma cinta estimuladora feminina com mini-vibrador e formato de borboleta. Cor-de-rosa, vermelha, lilás…

Bem ao lado fica a caixa com o produto mais caro da loja, uma boneca inflável vendida a R$ 439. É esquisita. Tem sistema de vibração na boca [sempre aberta e estranhíssima] e vagina. Alguém acha isso erótico?

Dados e baralhos com figuras são vendidos para um jogo sensual. Sugerem beijos, abraços, apertões, lambidas, streep-tease e posições sexuais variadas.
No quesito sexo divertido, sou apresentada a um produto pouco conhecido. Uma massa de modelar que pode ser usada no pênis do homem para produzir um clone do orgão sexual.

“É para quando o namorado ou marido viajar”, informa a funcionária. Ah, tá.

Sexo é hoje negócio sério e lucrativo

Um jovem de 26 anos, Rodolfo Marquezin, é o proprietário da sex shop visitada pelo BOM DIA.
Ele estudou o mercado erótico antes de fazer o investimento e segue acompanhando as tendências. “Os clientes sempre querem novidade”, diz. Segundo ele, apesar do sexo ainda ser tabu no Brasil, o mercado de produtos cresce 15% anualmente.

“E ainda é um mercado novo. Nos Estados Unidos e Europa é normal”.

Ele acredita que a existência das sex shops começam a ser assimiladas também no país e há margem para crescimento. Tanto é que acaba aderir ao sistema de franquia. Novas lojas devem ser abertas na região. Botucatu já tem uma unidade, aberta há um ano e meio. E com movimento de clientes que não decepciona o investidor.

Ivone Vito Sex Sop
Onde: rua Azarias Leite, 6-42, Centro

Fonte: Cristina Camargo - Agência BOM DIA

sábado, 28 de agosto de 2010

Be Be: Sextoys para mulheres por mulheres.

Os produtos eróticos percorreram um longo caminho. Anos atrás, as mulheres nem sequer falavam sobre eles. Em seguida, As meninas de Sex and the City nos apresentou ao Rabbit e começamos a nos divertir muito. Mas parece que as novidades hoje são uma constante no universo das sextoys para mulheres.

Quando vi pela primeira vez o Be Be eu pensei que fosse um massageador pessoal e após ler mais sobre o produto é que realmente descobri todo este universo feminino! O Be Be foi criado por duas mulheres e um designer australiano premiado, e muda tudo o que você pensa sobre vibradores.

Primeiro de tudo, é um vibrador para ser usado internamente, mas fica encostado na área pubiana para estimulação externa. E já que a maioria das mulheres atinge o orgasmo muito mais facilmente através da estimulação do clitóris, Be Be executa muito bem esta tarefa. Em vez da tradicional forma peniana o Be Be tem curvas ergonômicas e parece muito luxuoso. Além de ser bem discreto.

É acionado através de dois botões de toque único, com oito velocidades de vibração pode ir direto ao máximo ou pode alcançar o orgasmo ponto a ponto. É ótimo para usar sozinho ou com um parceiro, possui bom funcionamento e o corpo de plástico desliza sobre seu corpo suavemente. Apesar do motor ser poderoso ele é bem silencioso, um sussurro, ufa. É um vibrador bem elegante, que poderia ser usado para presentear uma amiga. Ele vem em uma bolsa de cetim dentro de uma caixa de presente em forma de ovo de estanho, muito linda.

Este é realmente um vibrador projetado para as mulheres, por mulheres. Seus criadores Lisa Hughes e Kristine Morgan passaram dois anos pesquisando, projetando e testando o Be Be, e criou um produto muito feminino para fazer as mulheres se sentirem melhor sobre si mesmas para que possam ser mais felizes e saudáveis sexualmente. Não é fantástico?

Infelizmente até o momento Be Be só é vendido na Europa, Estados Unidos e Nova Zelândia.

Fonte: Paula Aguiar - Atenasonline

Consulte a seção de vibradores da "Boutique" Desejo Íntimo acessando "www.sexshopdesejointimo.com.br"

terça-feira, 24 de agosto de 2010

19 brincadeiras eróticas para fazer a dois.

Este texto foi publicado pela Renata Rode e busca comentar como não cair na monotonia, esquentar a cumplicidade e ter um relacionamento mais duradouro.

Quer esquentar o namoro ou casamento sem sair de casa? Isso é possível e, segundo especialistas, é uma prática que deve ser adotada na busca por um relacionamento feliz. Alimentar a vida sexual deve se equiparar ao ato de cuidar de uma planta, por exemplo, que deve ser regada constantemente.

“Buscar alternativas para alimentar a satisfação sexual é essencial para o sucesso da união. Acho fundamental a busca por jogos ou produtos para apimentar a sexualidade do casal, desde que seja de comum acordo, ou seja, que os dois gostem e concordem”, explica a psicóloga de família e casais, Valéria Rocha Brasil.

Para a especialista, assim como cuidamos da saúde física e emocional, devemos dar atenção também à saúde sexual, com equilíbrio em tudo que fazemos. “É importante respeitar os limites do outro e não embasar os estímulos da vida sexual somente em produtos. Isso deve ser um artifício usado de vez em quando para inovar.

Toda tentativa deve ser válida desde que isso não violente o contexto social do casal ou torne-se uma obrigação. Enquanto for saudável e estimular os dois, tudo vale”
, ensina Valéria.

Quem usa, aprova. “Estamos casados há alguns anos e ela sempre me surpreende com suas iniciativas. Todo mês eu separo uma verba para que ela faça as compras eróticas e uma surpresa por semana pelo menos. Isso esquenta nossa cumplicidade e a relação”, confessa M.P., advogado, 46 anos.

Para outra cliente assídua de joguinhos da sedução, essa é uma garantia de fidelidade. “Procuro alimentar as fantasias dele de forma que ele se sinta completamente satisfeito a meu lado, e, assim, não pense em me trair com outra mulher, já que eu sou liberal a ponto de colocar pimenta sempre que posso em nosso relacionamento, por meio de brincadeiras e produtos que usamos juntinhos”, diz F. C., personal trainer, 33 anos.

Fonte: Renata Rode

Confira a seção de jogos e brincadeiras da "Boutique" Desejo Íntimo acessando o endereço "www.sexhopdejointimo.com.br".

domingo, 22 de agosto de 2010

Kama Sutra.

Fotos: Arte Abril.com

“Volta do Dragão” deixa a mulher sob domínio total



Esta posição sexual foi tirada dos textos orientais do Tao, que traz diversas dicas aos rapazes de como dar prazer para a sua mulher. Uma das teorias do Tao é a chama “Séries de Nove”, um exercício para ser mais eficiente na cama, em que o homem treina uma série de investidas profundas e rasas.

Na primeira fase, ele investe na vagina apenas com a cabeça do pênis, antes de recuar. Ele faz essa investida rasa por nove vezes, e em seguida investe na vagina com o pênis inteiro por uma vez. A isto se seguem oito investidas rasas e duas profundas. E então sete investidas rasas e três profundas, até chegar a uma investida rasa e nove profundas.

Para fazer a posição, a mulher se deita de costas, de barriga para cima, com as pernas dobradas na altura dos joelhos. Com as mãos, ela segura os joelhos bem separados um do outro, e ergue bastante os pés, de modo que os calcanhares se apóiem nos quadris dele. Ele se aproxima por cima, posicionando os joelhos próximos às nadegas da parceira. O rapaz então se equilibra apoiando as duas mãos em cima ou embaixo do ombro da mulher, e começa a alternar investidas profundas e rasas.

Segundo a personal sex trainer Fátima Mourah esta posição exige do porte masculino: “esse é tipicamente um exercício de força para o homem”, e é ele quem comanda a situação: “o controle é total do homem, que precisa ser forte. A mulher fica sob o domínio masculino”.

A posição pode ser uma ótima opção para fugir do sexo rotineiro: “essa posição não deve ser realizada sempre, mas quando o casal estiver procurando algo novo”, explica Fátima.

A profissional também deixa claro que, mesmo o homem estando com o comando da situação, a posição é prazerosa para ambos: “apesar do prazer ser maior para o homem, a mulher também atinge o clímax”.

(Por Rafael Bergamaschi)

Posição do “Pinheiro” proporciona penetração profunda



A posição do “Pinheiro” nasceu a partir dos estudos do “Tao”, coletânea de antigos textos chineses. Em trechos que se referem aos ensinamentos sexuais, as publicações apontam que o orgasmo feminino passa por uma série de níveis até chegar ao seu clímax. A mulher precisa experimentar prazeres diversos até ser totalmente exposta ao seu parceiro. Ao todo, a relação sexual para a mulher passa por nove níveis.

Para realizar o “Pinheiro”, o homem, com cuidado, pega as pernas femininas e as passa por trás do pescoço. Gentilmente, ela deve prender os pés da maneira que se sentir mais equilibrada e segura, sem machucar o parceiro. Uma vez posicionados de forma ereta, assim como cresce um pinheiro, ele segura a parceira pelos quadris com as mãos e penetra.

Segundo a sexóloga Fátima Mourah, nesta posição quem dá as cartas é o homem e é ele, também, quem sente mais prazer: “aqui o homem é quem comanda a relação. O corpo erguido da mulher proporciona uma penetração mais profunda”.

Uma das principais qualidades desta posição é o fato de o homem estar livre para criar e se deixar entreter pelo corpo feminino: “é possível ao homem acariciar os seios estimulando o prazer de ambos”.

(Por Rafael Bergamaschi)

Posição “Borboleta” exige do condicionamento feminino



A posição da “Borboleta” vem dos textos milenares do Tao que, além de detalhar regras de convivência entre homens e mulheres, dá dicas para melhorar o desempenho sexual entre o casal.

Para fazê-la, o homem deve se deitar de costas, com a barriga para cima e com as pernas levemente espaçadas. A mulher chega de costas para o parceiro e se senta sobre os quadris dele, inserindo o pênis na vagina ao poucos, inclinando o corpo para frente apoiada pelas mãos.

Segundo a personal sex trainer Fátima Mourah, nesta posição, a parceira é quem manda: “nesse caso o controle passa a ser da mulher”.

Para realizá-la com sucesso, no entanto, é necessário que a parceira esteja em dia com seus exercícios físicos: “ela é quem controla a penetração através dos movimentos do quadril, por isso deve ter uma boa condição física para realizar essa posição”.

Para o homem, a posição é prazerosa, pois, além da excitação de se sentir dominado e de ter uma mulher tomando as rédeas da situação, ele também tem “uma visão privilegiada”, como constata Fátima.

(Por Rafael Bergamaschi)

Posição “A Colher” permite uma união suave



Conhecida como “O Molde” ou “A Colher”, esta posição é interessante por permitir que o casal tenha uma relação sexual suave, estimulando carícias e muita intimidade.

Para fazê-la, a parceira deve deitar-se de lado com as pernas justas e flexionadas, tentado aproximá-las do peito. O homem também se deita de lado, aproximando-se da companheira e conduzindo a penetração. Os movimentos devem ser coordenados entre os dois.

Ao fazer “A Colher”, o rapaz fica com as mãos livres para acariciar os seios da companheira, assim como o clitóris. Também vale beijar e mordiscar a nunca e a orelha.

Segundo a autora Sofia Capablanca, do livro “101 Posições Sexuais” (Ed. Marco Zero), a posição é excelente para mulheres que têm dificuldade para atingir o orgasmo, pois a ângulo da penetração permite a fricção contínua do clitóris.

O homem também sente um prazer especial, já que as pernas da parceira ficam fechadas, produzindo uma sensação de compressão do pênis. “A Colher” também funciona para o sexo anal, uma vez que a flexão das pernas torna mais fácil a dilatação do esfíncter.

Variação de “O Missionário” dá mobilidade à mulher



A posição conhecida por “O Missionário” é uma das mais tradicionais do sexo, em quem a mulher se posiciona abaixo do homem, de pernas abertas, e ele comanda a movimentação. Mas uma variação desta ideia pode ser adotada pelo casal.

Para atingir este objetivo, basta que o homem passe a deitar-se de costas e a mulher fique sobre ele, na posição considerada “dominante”. Assim, a mulher pode determinar o ritmo e a profundidade da penetração.

Outro ponto positivo desta posição é que a parceira pode friccionar o clitóris no ventre do companheiro com facilidade, tornando o orgasmo ainda mais intenso. Quem também costuma apreciar esta posição é a mulher grávida, pois neste caso seu ventre não será apertado pelo peso do corpo do parceiro.

Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Homens também podem adotar a posição de lótus



No dia 25 de junho publicamos no blog um resumo sobre o uso da ioga para melhorar o desempenho no sexo - relembre: Posições do Kama Sutra lembram as da ioga. Na ocasião, falamos de uma posição em que as mulheres adotam a famosa pose de lótus – sentada e com as pernas cruzadas – e que também pode ser adotada pelos homens.

Para experimentar esta novidade, vale procurar uma superfície dura, como a mesa ou o chão. Para realizá-la, a mulher deve colocar-se sobre o seu companheiro, posicionando as coxas nas laterais do seu corpo. O parceiro mantém as pernas esticadas e, aos poucos, passa a cruzá-las em torno do bumbum da parceira.

Quem domina o movimento nesta posição, chamada “Medusa”, é a mulher. O homem pode ajudá-la a manter o ritmo, movimentando a companheira ao pegá-la pela cintura.

Para alguns homens a posição de lótus pode ser incômoda, já que as pernas ficam flexionadas por um tempo. Neste caso, o melhor é esticá-las periodicamente. Mas, com a prática, a comodidade aumenta junto com o prazer.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Atinja a penetração profunda com a “União da Ostra”



Uma variação de outras posição já descritas aqui no blog, a “União da Ostra” também é capaz de proporcionar uma penetração profunda durante a relação sexual.

Para fazê-la, a mulher deve deitar-se de costas, abrindo completamente as pernas, que devem permanecer flexionadas. O homem então fica de joelhos diante dela, segurando a parceira pelas coxas, e começa a se inclinar até iniciar a penetração. Para facilitar a entrada do pênis, a dica é usar almofadas sob as nádegas dela.

Para começar a se movimentar, o parceiro deve se apoiar nas coxas da companheira, fazendo movimentos de vai e vem com os quadris. Nesta posição a penetração é profunda. Tenha cuidado para não machucar a mulher.

Para o rapaz, esta posição é particularmente prazerosa, pois, por estar com as pernas flexionadas, a vagina feminina é comprimida sobre pênis dele, produzindo uma sensação apertada. Já a mulher fica com as mãos livres para poder estimular ainda mais o clitóris.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Posição “Arco-Íris” traz novas sensações



Em um primeiro momento ela pode parecer um pouco complicada, mas as sensações que a posição chamada “Arco-Íris” proporciona valem o esforço.

Para fazê-la, a mulher deve deitar-se de lado sobre o quadril esquerdo, enquanto o homem se posiciona por trás, por entre as pernas dela, formando uma cruz com os corpos de ambos. Para se equilibrar e promover a penetração, ela deve segurar nos pés do parceiro, enquanto ele se apóia nos ombros dela.

Os dois devem então fazer movimentos de vai e vem ritmados, até chegar ao orgasmo.

Fontes: “Kama Sutra para a Mulher: Sexo Sem Limites”, de Alicia Gallotti, Ed. Planeta
“101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

Posição “A Balança” funciona melhor com uma cadeira



Se a ideia do casal é mudar o local da relação sexual experimentando novos espaços e mobílias, como cadeiras e sofás, uma boa opção de posição é a chamada “A Balança”.

Nesta posição, o homem deve sentar-se em uma cadeira, ou na borda da cama, enquanto a mulher vira-se de costas para ele, antes de sentar-se sobre suas coxas, conduzindo a penetração.

Em seguida, ela deve inclinar-se para frente para ficar em uma posição de equilíbrio, conseguindo uma penetração mais profunda. Ela pode apoiar-se nos joelhos do parceiro, que deve ajudá-la a se equilibrar pelos seios ou pela cintura enquanto a parceira faz movimentos de vai e vem.

Ao praticar “A Balança”, o homem pode acariciar o clitóris da sua companheira, ao mesmo tempo em que se realiza a penetração, aumentando a sensação de prazer.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero

“União da Deusa” promove ainda mais intimidade



Para ter uma relação sexual mais romântica, experimente fazer com o(a) parceiro(a) a posição da “União da Deusa”. Ela deve ser realizada em uma superfície macia, como a cama, e funciona melhor se o homem estiver com as costas apoiadas na parede ou na cabeceira da cama.

Para começar a “União da Deusa”, a mulher senta-se sobre o pênis do parceiro, guiando-o até a vagina. Quando a penetração for completada, ela deve apertar a cintura do parceiro com as penas. Para se movimentar, a mulher deve fazer ondulações com o quadril, estimulando o clitóris e as paredes vaginais.

Em a “União da Deusa”, o casal pode se beijar e acariciar os corpos um do outro, estimulando ainda mais a sensação de prazer.

*Fonte: “101 Posições Sexuais”, de Sofia Capablanca, da Ed. Marco Zero