segunda-feira, 25 de abril de 2011

Posição sexual do dia - Visão do Paraíso

Esculturas Paula Gama / Fotos Fabio Heizenreder

COMO É FEITA:
Deite-se de lado, apoiada no braço, com uma perna esticada no chão e a outra erguida perpendicularmente ao corpo (o ideal é as pernas formarem um L). O gato deve se ajoelhar sobre sua perna esticada e sustentar a outra no ombro (é bem menos cansativo para você).

POR QUE VOCÊS VÃO AMAR:
Esta posição lhe dá uma ótima visão de tudo que está acontecendo — o que é altamente excitante. E a penetração pode ser com movimentos de sobe e desce, em vez do habitual vaivém.

Fonte: Nova Abril

domingo, 24 de abril de 2011

Posição sexual do dia - Entrada Triunfal

Do livro "O Kama Sutra de NOVA" / Ilustração Bo Lundberg

ENTRADA TRIUNFAL

COMO É FEITA:
Comecem de pé, você de costas para ele, junto da cama. Dobre o corpo para a frente até apoiar os braços e a cabeça no colchão. Levante uma das pernas para que o homem possa segurá-la pelo tornozelo e assim ter um bom ângulo para a penetração.

POR QUE VOCÊS VÃO AMAR:
Como suas pernas estão voltadas para direções opostas (uma para o ar e a outra para o chão), ele tem um excelente ângulo para alcançar o ponto G e arrancar suspiros e gemidos. Com um atrativo extra: seu bumbum empinado se oferece para carícias, beijos, lambidas, mordidas.

TRUQUE DE NOVA:
Multiplique o efeito da Entrada Triunfal sincronizando movimentos com ele, da maneira mais provocadora, como se o desafiasse a ir mais fundo no momento da penetração. Quando o moço investir para frente, dê impulso ao corpo para trás.

Fonte: Nova Abril

Guia do Prazer (Aula de Sexo Oral)

Pessoal... visto a grande necessidade de todo casal inovar constantemente para manter acesa a chama da paixão, pesquisando na Internet, encontrei um artigo muito interessante postado pela "Nova Abril" e que fornece dicas de como pode-se praticar o "Sexo Oral". Seja a parceira fazendo no parceiro, o parceiro fazendo na parceira ou ambos fazendo ao mesmo tempo. Loucura mesmo...pois, se trata de uma preliminar muito importante.

"Ao incendiar momentos a dois, nada melhor de que uma excitante sessão de Sexo Oral. Afinal, essa é uma deliciosa pratica que apimenta qualquer relação. Quer se tornar um expert nessa?" Trecho retirado do site Nova Abril que pode ser visto na íntegra clicando aqui.

Nesta publicação, vamos buscar saber o porque os homens gostam tanto de sexo oral, em "7 passos", e nas próximas publicações, trataremos os demais assuntos: "O porque o sexo oral é o queridinho da ala feminina" e por último, "69 - O prazer em dose dupla, para você e ele.

Porque os homens gostam de Sexo Oral. Razões de cair o queixo:

- Eles valorizam o contato da parceira com o própiro esperma;
- Eles curtem as sensações físicas provocadas pela combinação da maciez dos lábios e do ambiente molhado que lembra a vagina;
- Eles veem a felação - como também é chamado o sexo oral - como uma entrega da mulher;
- Eles consideram uma atividade sem consequência, ideal para relações casuais porque, segundo eles, não é necessário demonstrar afeto - basta existir tesão.

Fique atenta: Muitos homens, veem o Sexo Oral como saída para evitar riscos à saúde. Ledo engano! Embora seja mais fácil contrair uma doença sexualmente transmitível com o sexo oral do que com a penetração, não dispense o uso da camisinha!

Clique sobre as figuras abaixo para ampliar









Fonte: Nova Abril

Festa do CABIDE... saiba um pouco mais...

Festa do Cabide é uma festa onde as pessoas ao entrar no local, tem que tirar a roupa e ficar só de roupa íntima, na maioria das vezes; algumas permitem que vocÊ tire apenas uma peça, mas a "festa do cabide" de verdade, você só pode ficar de roupa íntima.

O nome surgiu na idade "Média", onde a gírias para sexo grupal era isso "Festa do Cabide". Então resolveram criar uma festa mais reservada para uma pequena classe da sociedade, um grupo seleto e quase secreto que podia desfrutar de tal festa, só que nesta, o sexo era certo. Nas festas do cabide de hoje, as pessoas não são tão seletas e nem sempre tem sexo nos locais.

Funciona basicamente da seguinte forma: Você entra no local, coloca a sua roupa em um armário grande e normalmente são entregues um roupão que você poderá usá-lo durante a festa e devolver depois, a orientação é que ambos os sexos devem ir com um roupa íntima bonita, afinal de contas, é tudo que você vai vestir lá dentro, uma boa higiêne também é fundamental, pois afinal, você não vai querer mostrar um monte de pêlos pra ninguem, não é?

Não se preocupe como você deve agir, apenas pense que está em uma boate, só que com menas roupa. Não pense tambem, que apesar das "meninas" quanto os "meninos", estarem com suas roupas íntimas exalando sensualidade, vão querer transar com você naquele mesmo local, mas com certeza é bem mais fácil de tudo acontecer lá, visto que, a ocasião é mais propícia do que em uma boate. Boa Festa e não se esqueça de sempre levar consigo preservativo(s), pois prevenção é tudo!!!

Fonte: Sex Shop Desejo Íntimo

Conheça os 30 beijos do Kama Sutra.

Foto Terra
Quem disse que "um beijo é só um beijo" certamente não foi beijado com um daqueles de tirar o fôlego. Um beijo pode ser sexy, doce, lento, rápido, suave, simples, quente. O vocabulário é pouco para dizer tudo o que os lábios podem transmitir.

O beijo por si só é uma arte e o Kama Sutra reconhece seu poder para expressar sentimentos, emoções e paixões. Por isso, no livro há descrição com detalhes dos beijos e ocasiões em que cada um dos tipos de beijo devem ser usados.

O ato de beijar combina três sentidos: o paladar, o tato e o olfato. Se cada sentido, separadamente, é capaz de produzir uma forte reação emocional, os três juntos podem transportar a pessoa para o "sétimo céu".

Os beijos podem ir desde um contato fugaz, como um atrito inesperado, até uma fusão de dois corpos por meio dos lábios. Nos dois extremos, existem numerosas variações, ainda que muitas pessoas descuidem desta habilidade que, como todas, está sujeita às leis de aprendizagem: constância, criatividade e paciência.

Segundo o Kama Sutra, os 30 tipos de beijos são:

1. Beijo de lado
Quando as cabeças das duas pessoas se inclinam em direções opostas e o beijo é produzido nessa postura. Essa é uma das formas mais comuns de se beijar e a preferida dos filmes. As cabeças inclinadas permitem um melhor contato dos lábios e uma penetração profunda da língua. É um modo excelente de começar um encontro amoroso apaixonado e também um modo de estimular a paixão entre o casal.

2. Beijo inclinado
Quando um dos dois coloca a cabeça para trás e a outra pessoa, que a segura pelo queixo, a beija. A doçura e o afeto são as emoções principais que são transmitidas com esse beijo. Um beijo desse tipo é apropriado para as preliminares, quando se prefere fazer sexo com lentidão e de frente.

3. Beijo direto
Quando os lábios dos dois se unem diretamente e se chupam como se fossem uma fruta madura. É um tipo de beijo em que o importante é que além de serem chupados, os lábios sejam mordiscados e levemente acariciados com a língua. É um beijo tranqüilo e demorado, que pode expressar uma forte paixão e que excita muitas pessoas mais do que o beijo de língua.

4. Beijo pressão
Os lábios se pressionam fortemente com a boca fechada. É um beijo para iniciar a relação ou para terminá-la, não convém mantê-lo por muito tempo. Os dentes se cravam na parte interior dos lábios e pode sair sangue.

5. Beijo superior
Quando um dos dois pega o lábio superior com seus dentes e o outro devolve o "carinho" beijando-lhe o lábio inferior. Na descrição deste beijo fala-se que uma pessoa do casal deve tomar a iniciativa e o outro se limita a correspondê-la. Uma possível razão para isso é que o Kama Sutra foi escrito para homens ativos e mulheres passivas. Mas, nos casais atuais, cada um deve ser o mais criativo possível e deixar que a imaginação se expresse como ela é, e não se limite a responder a iniciativa do outro.

6. Beijo broche
Quando um dos dois se prende aos lábios de seu amante, isso é chamado de beijo broche. E se o que realiza o beijo toca seus dentes, a gengiva ou o céu da boca com a língua, esse beijo chama-se "luta de língua".

7. Beijo palpitante
Quando um dos dois deposita sobre os lábios milhares de beijos bem pequenos percorrendo toda a boca e as comissuras (junção dos lábios).

8. Beijo contato
Quando se toca ligeiramente com a língua a boca do outro e faz apenas contato com os lábios.

9. Beijo para acender a chama
É o beijo na comissura (junção) dos lábios que costuma ser dado no meio da noite para incendiar a paixão.

10. Beijo para distrair
O beijo ideal para quando vocês estiverem assistindo a algo na televisão e a pessoa quer chamar a atenção do parceiro com seus beijos. Para começar, lembre-se de que nem todos os beijos precisam ser na boca. Segundo o Kama Sutra, outros lugares recomendados para iniciar a "batalha" são: a testa, os olhos, as bochechas, o peito, os seios, a zona abaixo da boca, a cabeça, a nuca e o pescoço junto com a clavícula.

11. Beijo nominal
Quando um dos dois se limita a tocar a boca do outro, depois de beijá-la, com os dedos.

12. Beijo com os cílios
Quando se percorre os lábios ou o rosto do outro e se acariciam os cílios com beijos.

13. Beijo com um dedo
Quando o amante percorre a boca da amada por dentro e por fora com um dedo.

14. Beijo com dois dedos
Quando o amante fecha dois dedos, molha-os ligeiramente nos lábios da amada e faz uma pressão sobre sua boca.

15. Beijo que desperta
O beijo que se dá nas têmporas, próximo da raiz do cabelo, quando o outro está dormindo, para despertá-lo com suavidade.

16. Beijo que demonstra
Costumam ser dados à noite e em lugares públicos. Um dos dois se aproxima do outro e o beija suavemente na mão ou no pescoço.

17. Beijo da lembrança
É dado quando os amantes estão descansando após a satisfação sexual e um dos dois coloca a cabeça sobre a coxa do outro e deixa-a cair, como se estivesse com sono, beijando-lhe na coxa ou nos dedos do pé.

18. Beijo transferido
Esse beijo ocorre quando o amante, na presença da amada, beija alguém que esteja próximo dele no rosto, ou mesmo alguma foto ou qualquer outra coisa, olhando para ela como se o beijo fosse para a parceira.

19. Beijo choroso
É produzido quando um dos dois sente tanta falta do outro, que na ausência do outro beija seu retrato.

20. Beijo viajante
Ainda que pareça que os beijos sempre costumam se centralizar na boca, colocar os lábios em outras partes do corpo é uma forma de excitação garantida.

21. Beijo no peito
Os beijos mais efetivos nos seios são os que se aplicam primeiro com os lábios, suavemente e com um pouco de saliva. Depois, intensifica-se a pressão e, se a parceira o deseja e gosta desse tipo de beijo, pode-se pegar os seios com os dentes e pressionar ligeiramente. Algumas pessoas preferem sentir um pouco de dor nos seios quando estão prestes a ter um orgasmo.

22. Beijo sem pressa
A chave é prestar total atenção no corpo do outro. Quanto mais controle você tiver e mais se concentrar em acariciar e beijar cada canto do corpo, mais intensa será a sensação de prazer para ambos.

Onde há amor, há dor!
Segundo a tradição erótica da Índia, a mordida é um elemento muito importante e o Kama Sutra dá uma boa lista de mordidas com toda riqueza de detalhes.

As mordidas costumam ser dadas em quase todas as partes do corpo e vão desde a mordida brincalhona, mais provocadora que erótica, até o forte apertão com os dentes que costuma ser dado no calor da paixão e faz com que os orgasmos sejam mais duradouros. No entanto, muitos costumam evitar este último tipo de mordida, porque é difícil de controlar e costuma deixar marcas muito evidentes. Também porque durante o orgasmo as mandíbulas podem sofrer um espasmo e fechar com força, o que pode ocasionar feridas.

As mordidas recomendadas pelo Kama Sutra são:

23. Mordida de Javali
O rastro que deixa na pele são como filas indianas, muito próximas umas das outras e com intervalos vermelhos como as pegadas que costumam ser deixadas pelos javalis no barro. É uma mordida que costuma ser feita no ombro.

24. A nuvem quebrada
Consiste em levantamentos desiguais da pele em círculo, produzidos pelos espaços que há entre os dentes. O Kama Sutra especifica que este tipo de mordida deve ser feita no peito.

25. Mordida escondida
É a mordida que só deixa uma intensa marca vermelha e que deve ser dada no lábio inferior.

26. Mordida clássica
Quando se pega com os dentes uma grande quantidade de pele.

27. O ponto
Quando se pega com os dentes uma pequena quantidade de pele de tal maneira que só fique uma marca como um ponto vermelho.

28. A linha dos pontos
Quando essa pequena porção de pele é mordida com todos os dentes e todos eles deixam sua marca. Deve ser dada na testa ou na coxa.

29. O coral e a jóia
É a mordida que resulta da junção dos dentes e dos lábios. Os lábios são o coral e os dentes são a jóia.

30. A linha de jóias
Quando se dá uma mordida com todos os dentes.

O Baralho "Kama Sutra" você encontra no Sex Shop Desejo Íntimo

Fonte: Terra Mulher

terça-feira, 19 de abril de 2011

Beijos do Kama Sutra.

A origem do beijo não é clara. O que se sabe é que as referências mais antigas encontradas datam de 2500 a.C. registradas na Índia, nas paredes dos templos de Khajuraho.

Beijar é uma arte, segundo o Kama Sutra, ao descrever vários tipos de beijos e sugerir quando cada um é apropriado. O beijo é considerado a maior prova de carinho entre duas pessoas. Um beijo na boca estimula os cincos sentidos, proporcionando uma gama de sensações. Para que o beijo na boca aconteça é necessário o trabalho conjunto de 29 músculos da face e da língua, além disso ele estimula a circulação sanguínea, oxigena melhor as células e queima aproximadamente 12 calorias, desencadeando maior produção hormonal.

Para ficar ainda melhor, o beijo na boca nos dá a sensação de relaxamento e calma, o que resulta em um aumento nos níveis de serotonina no cérebro. A boca e a língua são das mais sensíveis regiões do corpo, perdendo apenas para os órgãos genitais, e sua mobilidade faz com que se tornem áreas de grande importância para a obtenção de prazer.

O beijo gostoso é aquele que você sente, aquele por meio do qual você demonstra todo o seu afeto e carinho pelo amado. Muitas vezes é o beijo que inicia a excitação, promovendo aquele turbilhão de sensações que termina no clímax do ato sexual. Entregue-se completamente ao beijo e sinta as suas reações e as de seu parceiro nessa hora.

Explore o corpo com beijos. Se você quiser descobrir o corpo do seu parceiro, descubra-o com beijos, bem lentamente. Experimente começar pelas pernas e ir subindo bem devagar. Explore a região de trás dos joelhos, suba pelas pernas até a parte interna das coxas. Encoste sua boca nas nádegas e com beijos apaixonados chegue até os ombros, passando por toda a coluna até a nuca. Beije todo o corpo dele bem devagarzinho e termine a sessão com um gostoso beijo na boca.

O kama Sutra descreve vários tipos de beijos. O beijo inclinado que ocorre quando as cabeças dos dois amantes estão inclinadas uma na direção da outra; o beijo lateral, o beijo direto, o beijo do lábio superior e outros beijos mais Cada beijo dado em uma diferente área do corpo pode ter um significado. Veja o que quer dizer cada um dos seguintes beijos:

Beijo na mão - Respeito e admiração;

Beijo na bochecha - amizade, carinho, bastante comum como cumprimento nos países ocidentais;

Beijo no pescoço - indica desejo pela outra pessoa;

Beijo na orelha - indica desejo e afeto. Não tenha pressa na hora de dar um beijo na orelha,tenha paciência e muito carinho;

Beijo nos lábios - é a maior expressão de amor, de desejo, de paixão. É o termômetro da relação. Na hora de beijar criatividade é um item essencial.

Portanto use e abuse da sua criatividade e Feliz Dia do Beijo!

Fatima Mourah é Sensual Coach, colunista do Vila Dois e professora de artes sensuais, além de autora dos livros "Sexo pra mulheres casadas" e "Sexo, amor e sedução". Dá palestras e cursos de striptease, pompoarismo, pole dancing, como atingir o orgasmo e massagem erótica.

Fonte: Fatima Mourah

Camisinha apertada atrapalha a ereção?

Um estudo realizado pelo Instituto Kinsey de Pesquisa sobre Sexo, Gênero e Reprodução revelou que 44,7% dos 436 homens avaliados afirmaram que os preservativos disponíveis no mercado eram pequenos demais.

Os entrevistados tinham entre 18 e 67 anos e foram recrutados por meio de anúncios de jornais e de um blog no site de uma empresa de venda de preservativos. Os requisitos para responder ao questionário eram ter idade mínima de 18 anos e ter feito uso de preservativos até três meses antes de responder à pesquisa.

A partir deste estudo, os pesquisadores, liderados por Richard Crosby e Bill Yarber, ambos do Instituto Kinsey, constaram ainda que, ao usar camisinhas de tamanho inadequado, alguns homens se queixam de dificuldade para atingir o orgasmo - não só eles, mas também suas parceiras -, irritações do pênis e perda de ereção. Com isso, grande parte dos entrevistados confessou que retirava os preservativos antes do fim da relação sexual. O problema é que este ato aumenta os riscos de gravidez indesejada e de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Segundo o Dr. Otto Henrique Torres Chaves, professor e chefe do Departamento de Andrologia da Sociedade Brasileira de Urologia, o único problema das camisinhas apertadas demais é que elas podem se romper com mais facilidade e as frouxas correm o risco de se soltar durante a penetração. "Em certos casos, o preservativo se rasga por conta da má qualidade do látex. Por isso, antes de comprar o preservativo, é preciso avaliar a marca e se ela foi testada e aprovada por órgãos especializados".

Dr. Rogério Vitiver, urologista da clínica Milleto, lembra que uma forma de evitar comprar a camisinha errada é medindo o pênis. É isso mesmo! "Pegue uma fita métrica e meça do osso pubiano ao meato uretral (abertura da uretra por onde a urina e a ejaculação circulam)", explica. "No Brasil os pênis medem entre 12 e 17 centímetros, em ereção, e a circunferência fica entre 10 e 14,5 centímetros. O órgão sexual de metade dos homens mede 14,5 centímetros de comprimento e 12,5 de circunferência. Somente 2,5% dos pênis brasileiros medem 17 centímetros ou mais", revela.

O especialista lembra também que o mercado de camisinhas americano é bem diferente do brasileiro. Lá fora existem tamanhos variados, o que não acontece por aqui. "Um homem não vai comprar um preservativo de tamanho "P", não vai colocar em risco sua autoimagem", diz Dr. Vitiver. Tanto é que a sugestão dos americanos é que os preservativos de tamanho menor passem a ser chamadas de "grande" e as médias de "extra grandes" para evitar constrangimentos. "Aqui no Brasil temos camisinhas que variam entre 49 e 55 milímetros de largura e comprimento entre 16 e 19 centímetros".

Sobre a questão de o preservativo apertado interromper ou impedir a ereção, o urologista da clínica Milleto comenta: "Não há camisinha que seja apertada o bastante para impedir o fluxo de entrada de sangue no pênis e muito menos a ereção. Ela pode sim causar certo desconforto, mas por questões psicológicas e não por efeito vascular ou mecânico. Camisinha justa por si só não leva à perda da ereção", garante.

Fonte: Juliana Falcão (MBPress)

sábado, 16 de abril de 2011

O poder do pompoarismo.

O que é pomparismo?
"É uma ginástica vaginal, nada mais do que isso. Ao aprender a arte de pompoar, você fortifica a musculatura da vagina e aprende a controlar seu movimentos".

Quais as principais vantagens do pompoarismo para a mulher?

"Como qualquer exercício físico, o pomparismo fortifica e melhora a saúde da região exercitada. Além disso, ao aprender a pompoar, controlando seus movimentos pélvicos, a mulher sensibiliza a vagina de dentro para fora e consegue alcançar orgasmos vaginais de forma cada vez mais fácil”. (Veja aqui a diferença entre orgasmos vaginais e clitorianos). “Muitas das minhas alunas procuram as aulas porque nunca conseguiram chegar ao orgasmo na vida. Pois eu dou aula há sete anos e, até hoje, nunca nenhuma aluna minha (que realmente entendeu e praticou o pompoarismo) deixou de conseguir chegar lá".

Quais as vantagens do pomparismo para o parceiro?

"Conforme você vai aprendendo a pompoar, consegue movimentar os três principais anéis do canal da vagina separadamente. Sendo assim, é possível fazer movimentos que provocam no homem um prazer muito intenso. Existe, por exemplo, um movimento no pompoarismo que chamamos de ‘estrangular’, que é quando impedimos que ele ejacule comprimindo um desses anéis. Há também um movimento chamado ‘chupitar’, com o qual é possível imitar o sexo oral com a vagina. Meu marido sempre me diz que nossa relação era uma antes do pompoarismo e é outra depois. Provoquei nele algo que eu jamais pensava que era possível".

Em quanto tempo fazendo os exercícios é possível notar diferenças?

"A partir de um mês, praticando pelo menos cinco minutos por dia, já é possível começar a notar diferenças na hora do sexo. Mas para fazer movimentos como o de ‘chupitar’, é necessário praticar por pelo menos seis meses. Para conseguir sugar o pênis com a vagina, é preciso praticar de oito meses a um ano".

Fonte: Por Thais Pontes e quem quise saber mais sobre a Lu Riva: www.lupompoar.com.br

Pesquisa diz que 52% das mulheres evitam sexo por se sentirem gordas.

13% das entrevistadas só transam com as luzes
apagadas por conta do excesso de peso...
Foto: Getty Images
A insatisfação com o corpo atrapalha até a vida amorosa. De acordo com uma pesquisa do Reino Unido, 52% das mulheres evitam relações sexuais com seus parceiros por se sentirem gordas. O levantamento ouviu a opinião de 4 mil pessoas e descobriu que 13% das entrevistadas só transam com as luzes apagadas por conta do excesso de peso. E uma em cada 10 gostaria de ser mais aventureira na cama, mas se sente presa às posições tradicionais devido à vergonha de sua aparência.

O cansaço do dia a dia lidera o ranking dos itens que atrapalham o sexo. Do total das voluntárias, 72% apontaram esse quesito como o pior inimigo. A lista conta ainda com se sentir pouco atraente (34%), doença (33%) e estresse (32%).

Segundo o jornal Daily Mail, um quinto dos casados confessaram ter baixo desejo sexual, seguidos por aqueles que vivem com o parceiro (18%), divorciados e solteiros (17%) e viúvos (14%). E o mais alarmante: 6% das mulheres afirmaram que só têm relações sexuais por encararem isso como um dever.

O estudo foi encomendado pela fabricante da Fembido, uma pílula feita a partir de uma mistura de ingredientes à base de plantas que promete aumentar a libido feminina.

Fonte: Patricia Zwipp

Existe sexo anal sem dor?

Roberta: Qual o segredo para fazer o sexo anal sem sentir tanta dor?

Laura Müller: O maior segredo é estar realmente a fim. Você quer? Sente mesmo vontade? Ou está apenas cedendo para agradar ao parceiro? A gente precisa, antes de tudo, investigar as nossas expectativas e os nossos desejos em relação a essa prática. Após avaliar se quer ou não quer, aí, sim, é hora de pensar em técnicas para ser cada vez mais prazeroso. Afinal, sexo deve ser sinônimo de prazer, não é?

Uma parcela das mulheres relata sentir uma enorme excitação pela prática anal. Isso se deve ao fato de o ânus ser uma região cheia de terminações nervosas e sensível às carícias. Ou seja, é possível sentir, sim, muito prazer com o sexo anal. Para isso, a mulher precisa estar extremamente relaxada. Se ficar tensa, vai acabar contraindo a musculatura e deixando tudo mais difícil.

O ideal é partir para a prática anal depois de muitas preliminares: beijos, abraços, carícias por todo o corpo, sexo oral... Tudo para que a mulher fique bastante excitada. É dessa maneira que o corpo feminino se prepara para o sexo anal.

A prática requer alguns cuidados especiais. O primeiro deles é a nossa velha conhecida: a camisinha! Ela é IMPORTANTÍSSIMA! A prática anal é a modalidade sexual que mais transmite o vírus da Aids e de outras doenças. Ou seja, sem prevenção, não dá.

Um detalhe: o preservativo deve ser trocado se o casal resolver partir para a penetração vaginal após a anal. Isso porque as bactérias que habitam o ânus podem causar uma série de infecções caso sejam transportadas pelo pênis para a vagina.

O próximo cuidado é o uso de lubrificantes. O ânus não é tão elástico quanto a vagina nem produz uma lubrificação natural como ela. Por isso é preciso utilizar algum gel à base de água, vendido em farmácias, para amenizar o atrito do pênis.

Há também uma técnica, divulgada em congressos de sexualidade de todo o país. Consiste em começar a prática com carícias no ânus, depois a introdução do dedo e, só mais tarde, o pênis. Dessa forma, a musculatura anal relaxa, facilitando a penetração.

São vários os segredos, não é? Mas o principal continua sendo o primeiro de todos: você precisa estar a fim. Assim, tudo fica muito mais gostoso.

Para adquirir o "Gel para massagem anal DREAM" acesse aqui.

Fonte: Mulher - Sexo e Namoro por Laura Müller

Aprenda, passo-a-passo, a fazer a massagem.

1. Ele se deita de costas e você o massageia: faça movimentos rápidos e circulares nas costas, braços, nádegas e parte posterior das pernas.

2. Diminua a intensidade dos toques: deslize as costas das mãos ou as pontas dos dedos por toda a parte de trás do corpo dele. Faça o mesmo com os cabelos, se forem longos, ou substitua-os por uma pluma.

3. É hora de usar os seios: ajoelhe-se em cima dele e massageie as costas.

4. Na mesma posição anterior, acarice as costas e bumbum dele com as "partes mais íntimas". É um aquecimento erótico para você, pois massageia sua área pélvica.

5. Agora, ele vira de frente para você, mas continua deitado. Fiquem na posição de cruz: você massageia a barriga dele com o seu umbigo.

6. Sente-se em cima dele de costas, e, depois, deite-se em cima dele. Deslize seu corpo sobre o do amado. Massageie a área pélvica dele com seu bumbum.

7. Vire de frente para ele: deslize os seios sobre o peito do amado, a barriga sobre a barriga e assim por diante. Incluam muitos beijos nessas carícias.

8. Conclua a massagem usando sua região pélvica para massageá-lo onde quiser... O próximo passo? Vocês escolhem.

Fonte: Mulher - Sexo e Namoro

sexta-feira, 15 de abril de 2011

20 dicas quentes para você aumentar o seu prazer.

Dicas para você melhorar sua transa e aumentar o seu prazer
Foto: Dreamstime
Quanto mais conhecimento sobre sexo você tiver, melhores serão as suas transas e maior o seu prazer. Reunimos 20 informações quentes e surpreendentes baseadas em pesquisas. Divirta-se e aproveite.

1. O uso de saltinhos de aproximadamente 5 centímetros pode melhorar a força dos músculos pélvicos, o que ajuda no orgasmo feminino.

2. Quando procuram parceiro para sexo casual, mulheres dão mais importância do que homens à aparência. Mas...

3. ...isso talvez não seja tão esperto. O tipo nerd pode ser melhor amante. Em uma pesquisa americana, 82% dos profissionais de tecnologia da informação alegaram que colocam o prazer da parceira acima da própria satisfação.

4. No Brasil, cerca de 3 mil homens foram entrevistados em estudo da Bayer Schering Pharma com a Sociedade Brasileira de Urologia - Seccional São Paulo (SBU-SP) e cerca de um terço afirmou que sua maior prioridade é dar prazer à mulher.

5. No mesmo estudo, perto de 87% se dizem satisfeitos com a vida sexual. A maioria, cerca de 62%, transa de duas a quatro vezes por semana.

6. O número médio de pares sexuais do homem heterossexual é sete. O da mulher, quatro.

7. Aninhe-se com seu homem sempre que der. Casais que se abraçam regularmente e são carinhosos um com o outro são oito vezes menos propensos a ter depressão do que os que se beijam apenas durante o sexo.

8. Os homens acham a voz feminina mais atraente "naqueles dias". Então, as transas do período menstrual podem ser o melhor momento para incluir frases e palavras superquentes na sua cama.

9. Peripécias na cama podem refletir em sua carreira. De acordo com a antropóloga americana Helen Fischer, o sexo aciona químicas cerebrais que melhoram a criatividade no trabalho.

10. É mesmo uma boa assistir a filmes pornográficos com ele. Em um estudo, 58% dos homens e mulheres que recorriam regularmente ao universo pornô se sentiam mais confortáveis com sua sexualidade e atentos às necessidades do parceiro.

11. Mas é o clima de romance que de fato excita as mulheres. Cientistas atestam que ficamos mais ligadas vendo um homem beijar uma mulher do que uma cena de transa. Então, tente beijá-lo em frente ao espelho.

12. Atenção: mantenha sua televisão longe da cama. Casais que não possuem aparelho de tevê no quarto fazem 50% mais sexo.

13. A transa dos europeus dura, em média, 16 minutos; a dos americanos, só sete. Já a dos brasileiros, segundo a pesquisa The Durex Global Sexual Wellbeing Survey, 21 minutos! De qualquer modo, se quiser que ele demore um pouco mais, pressione em torno da base do pênis com seus dedos em círculo.

14. Mulheres que fazem atividade física dizem que sua performance sexual é melhor. Talvez porque elas tenham melhor circulação sanguínea no clitóris e, assim, sintam maior prazer do que as que não se exercitam.

15. Suas curvas agradecem: 30 minutos de sexo queimam, em média, 85 calorias ou mais.

16. Aprenda a administrar bem seus sentimentos. Mulheres com inteligência emocional alta alcançam mais orgasmos.

17. Fazer sexo uma vez por semana pode aumentar sua imunidade em 30.

18. Deite-se em cima dele quando estiverem nus. O contato de pele sobre pele inunda o corpo com oxitocina, hormônio que faz com que se sintam ainda mais próximos.

19. Pessoas que fazem sexo cerca de três vezes por semana são percebidas pelos outros como de quatro a sete anos mais jovens.

20. Uma das escolhas mais comuns para variar a locação do sexo é o carro. Ali, a posição mais prática é com ele sentado no banco do carona e você por cima, virada para o para-brisa.

Fonte: Jenny Benjamin

Saiba como transar mais gostoso.

O sapato de salto alto pode turbinar suas habilidades na cama
Foto: Getty Images
Sexo morno já era! Se você quer apimentar sua vida íntima com o gato, confira as dicas de especialistas para dar e receber mais prazer...

Ao investir em contos cheio de erotismo, daqueles que estimulam sua imaginação, você vai se soltar e gozar mais gostoso. É o que defende um estudo divulgado pela revista americana Psychology Today.

O que diz a pesquisa: especialistas analisaram a relação entre fantasias e experiências sexuais. Concluíram que quem usa a imaginação e põe desejos em prática se diverte mais na cama, se masturba mais, tem maior número de relações e de situações eróticas diferentes.

O que você deve fazer: a leitura erótica vai ajudá-la a descobrir o que a deixa mais excitada. Experimente pôr em prática as ideias até que, aos poucos, essas fantasias se tornem realidade no seu dia a dia. Vale a pena! Sua vida sexual vai esquentar quando der esse passo.
Use salto alto

Esse tipo de sapato não serve só para deixá-la mais sexy: ele também pode turbinar suas habilidades na cama. Acompanhe a descoberta da urologista Maria Cerruto, publicada na Revista Europeia de Urologia.

O que diz a pesquisa: quando a mulher está em cima do salto (entre 2 e 5 cm), a posição do calcanhar e dos pés fortalece os músculos da região pélvica. Isso ajuda a desenvolver a musculatura vaginal, o que permitirá ter orgasmos intensos e frequentes.

O que você deve fazer: além de usar salto alto – claro! – você pode colocar em prática um exercício bem fácil de ser feito, que também vai fortalecer ainda mais o músculo pélvico: enquanto estiver urinando, prenda e solte o xixi algumas vezes.

Controle as emoções

Ter um orgasmo não depende apenas do estímulo físico que se recebe, mas também de se estar com o emocional em dia. Confira o que revelou o estudo feito por cientistas do King's College London, da Inglaterra.

O que diz a pesquisa: primeiro, ela avaliou a relação entre frequência de orgasmos e emocional das mulheres. Então, concluiu que as que não controlam sentimentos (as muito nervosas, por exemplo) têm duas vezes mais chances de não atingir o gozo do que as equilibradas.

O que você deve fazer: se você notar que está perdendo o controle por alguma razão, procure manter uma atitude serena e tranquila. Quanto mais calma você for em relação aos seus sentimentos, mais segura estará para se soltar na cama e atingir o gozo sempre que quiser.
Transe nos dias certos

Muitas vezes, o estresse e o cansaço derrubam a disposição para ter um orgasmo gostoso. mas de acordo com cientistas suecos, em certos dias do cada mês o gozo é garantido. veja as datas e por que isso acontece.

O que diz a pesquisa: a mulher tem mais tesão entre o sexto e o décimo dia do ciclo menstrual (o primeiro dia é aquele em que a menstruação começou). A conclusão é do Conselho de Pesquisa Médica da Suécia. As mais excitadas têm mais orgasmos.

O que você deve fazer: não, a ideia não é fazer sexo só nesses dias, mas quando desejar. No entanto, se quiser aproveitar a força que os hormônios podem lhe dar, escolha esse período em que a maior parte das mulheres está apta a ter o máximo de prazer. Merecidíssimo!

Inove no cenário sexual

Confira alguns lugares inusitados para transar em 2011 e deixe sua vida sexual muito mais excitante*

Capô do carro

Transar dentro do automóvel não é muito confortável: banco pequeno, teto baixo, câmbio no meio... Mas do lado de fora pode ser diferente! Uma rapidinha no capô excita, pois “transmite a ideia de satisfação imediata, algo que não pode esperar”, dizem os autores de 101 lugares para fazer sexo antes de morrer, marsha normandy e Joseph st. James. Para não correr risco de ser acusada de atentado ao pudor, faça a experiência com o carro na garagem ou vá a um drive-in!

Na fila de espera

Vocês estão no carro, numa fila enorme, esperando para fazer o pedido na lanchonete? Experimentem trocar carícias íntimas! mas com discrição, use apenas uma das mãos. E peça que ele faça o mesmo em você. Com certeza o tempo vai voar e a fome de sexo também aumentará.

Em cima da lavadora

Talvez não seja um lugar inusitado, afinal, é dentro de casa. Mas vocês podem ter novas sensações! proveite quando for lavar a roupa e chame o amado. Seduza-o e proponha sexo com vibração contínua! Você se apoia no eletrodoméstico, enquanto o amado penetra você. apenas procurem a melhor posição para manter o equilíbrio e curtir a nova estimulação.

No vai e vem da rede

O que pode mais combinar com o verão do que uma rede? Agora, imagine só usá-la para apimentar as transas. Primeiro, certifiquem-se de que a rede está bem presa na parede. Depois, variem as posições, que são muitas: você pode ficar de ladinho, para aproveitar o balanço na penetração. ou sentada sobre ele apoiando os pés no chão. Tudo com muito vai e vem, claro!

*Dicas do livro 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer, de Marsha Normandy e Joseph St. James (ed. BestSeller, R$ 19,90).

Fonte: Belisa Rotondi

Masturbação feminina: técnicas para você ter muito prazer.

Técnicas irresistíveis de masturbação feminina

Não tenha pressa

Antes de tocar a vagina, experimente outros estímulos prazerosos na parte interna da coxa, nos seios, no bumbum... Eles a ajudarão a se sentir mais sensual e a deixar de lado parte de eventuais pudores que possam pintar no momento. ''Um ótimo exercício para tirar a inibição é se tocar durante o banho'', ensina a personal sex trainer Fátima Moura.

Use sabonete líquido, para facilitar o deslize das mãos. Após se secar, terá outra ótima oportunidade de se conhecer. ''Passe óleo corporal/hidratante sem pressa. Aproveite o momento para assimilar a nudez e sua sexualidade natural'', sugere Fátima.

Melhores posições para se masturbar

Deitada de costas, de lado, sentada numa cadeira ou na beirada da cama. Essas são boas posições iniciais para você se divertir sozinha. Mas nada de limitar seu repertório: à medida que for chegando ao orgasmo em cada uma delas, desafie-se a experimentar outras. Tal atitude ajuda a quebrar a rotina do sexo individual e, outra vantagem, ainda permite aprender a se excitar em diversas posições.

Atenção ao clitóris

A estimulação clitoriana é técnica que mais leva ao orgasmo. ''A área é extremamente sensível, com muitas terminações nervosas'', lembra a ginecologista. ''Ao estimular a região, a chance de ter prazer é muito grande'', afirma a especialista. Coloque lubrificante em toda a vulva, garantindo que não haja atrito entre a pele e a sua mão. Antes de tocar diretamente o clitóris, explore os grandes lábios, os pequenos, e toda a área para esquentar o clima.

. Está bem excitada?

Usando as pontas do indicador e do polegar, sinta seu clitóris, acariciando ou pressionando suavemente, movendo a pele abaixo em pequenos círculos'', ensina Jenny Hare, autora de orgasmos: como chegar lá (ed. Best seller, R$ 24,90).

. Você comanda

Conforme as sensações se intensificarem, aumente a velocidade dos movimentos. pressione com os dedos, desenhe círculos maiores, reduza a velocidade... enfim, faça tudo o que lhe vier à cabeça para testar como seu corpo responde a diferentes estímulos. quando sentir que o clímax se aproxima, mantenha o movimento constante e acelerado.

. Método avançado

Use o dedo anelar e o indicado para abrir os grandes lábios, permitindo que o dedo médio tenha acesso livre ao clitóris.

Pontos de prazer

. O famoso ponto G

Muito se fala sobre o ponto G que, para alguns especialistas, não existe. Mas você pode tentar localizar essa região introduzindo o dedo indicador na vagina e tocando a parede interna, a cerca de três ou cinco centímetros da entrada. Busque por uma área sensível e levemente elevada.

. Ponto V?!

Já ouviu falar nele? A terapeuta Jenny Hare garante ser muito mais estimulante do que o polêmico ponto G.

Ele fica na união do monte de vênus com o osso pubiano e a parte de cima do clitóris. ''para localizá-lo, ponha a mão na parte mais baixa do púbis de forma que as pontas do indicador e do médio fiquem no lugar onde os lábios externos da vulva começam'', explica Jenny.

Você sentirá uma cavidade bem acessível que, ao ser acariciada, desencadeia ondas de excitação. ''enquanto o ponto G age durante a relação sexual, o ponto V é um esplêndido recurso de excitação e prazer orgástico, esteja você fazendo sexo sozinha ou com um parceiro'', garante a autora.
Masturbação a dois

Aproveite com seu amor

Por mais que a masturbação seja praticada em momentos solitários, você pode se tocar enquanto transa com o gato. sobretudo na posição conchinha, de quatro ou por cima do parceiro.

Faça um show particular

A maioria dos homens a-do-ra observar enquanto a mulher se toca. se você tem intimidade com o bonitão e quer tentar, as chances de o gato se sentir muito estimulado são grandes! Vale a pena surpreendê-lo mostrando a ele que sabe como dar prazer a si mesma.
Masturbação feminina ainda é tabu (mas não deveria!)

Apesar de estarmos em 2011, o assunto masturbação feminina continua com um quê de tabu. Nem mesmo entre amigas mais íntimas o tema é abordado com naturalidade. Uma pena, pois o hábito de explorar o próprio corpo só traz benefícios. Afinal, é neste momento de intimidade que você tem a melhor chance de conhecer seu corpo.

Dois grandes ganhos surgem daí. O primeiro diz respeito à valiosa possibilidade de entrar em harmonia com as formas, turbinando sua confiança e autoestima. ''Já o segundo tem a ver com aprender em quais pontos sente mais prazer e como gosta de ser tocada'', diz a ginecologista Barbara Murayama. E, aí, nova vantagem: ao saber dar prazer a si mesma, você tanto pode explorar sua sexualidade sem depender de parceiros quanto pode ensiná-los a fazê-la feliz, de verdade, na cama.

Serviço: Fatima Moura, personal sex trainer (www.fatimamoura.com.br); Barbara Murayama, ginecologista e obstetra (www.gergin.com.br)

Fonte: Belisa Rotondi

8 Dicas de masturbação para homens.

Neste artigo pretendo dar-lhe a conhecer 8 dicas de masturbação, indo contra os tabus gerados pela sociedade e mitos que cercam este assunto! Muitas vezes os homens possuem a necessidade de se "aliviarem" por eles mesmo, tal como as mulheres. Sendo assim julgo que seja apropriado dar-lhe a conhecer algumas dicas para masturbação. Não quer dizer que não necessite de sair de casa e procura uma mulher. No entanto naqueles momentos de maior necessidade, este artigo talvez lhe dê algum jeito...

Para aquelas mulheres que aqui chegarem e esboçarem um sorriso de descrédito, leiam e talvez aprendam mais um pouco sobre como excitar o vosso homem.

1. Apertão
Antes de mais compre algum lubrificante para ter por casa (pode-lhe dar jeito para algumas brincadeiras quando trouxer uma mulher a casa), e coloque algum nas suas mãos. Agora com os dedos indicadores e polegar de ambas as mãos aperte o seu pénis, na glande e na base deste, fazendo movimentos de vaivém até ficar "satisfeito".

2. Esquentar
Sabe como antigamente faziam fogo? Rodando um pau...? Ora bem esta dica de masturbação é parecida com a técnica utilizada para fazer chama... Com ambas as palmas das suas mãos realize movimentos lentos, do mesmo género, no seu amigo.

3. Os ditos
Sabia que se puxar o seu escroto para baixo de forma ligeira quando estiver quase a ejacular irá provocar-lhe uma extrema sensação de prazer?

4. O polo norte
Quando estiver prestes a ejacular, agarre em algum gelo (pode ser picado, ou mesmo aos cubos) e coloque no seu amigo. A oscilação da temperatura fará com que vá ao céu e volte!

5. Abra a porta
Com um pouco de lubrificante na sua mão, e após possuir uma total ereção, rode a glande como se de uma maçaneta de uma porta se trata-se. Inverta os movimentos e delicie-se.

6. Pequena estimulação
Esta dica de masturbação implica que após se ter masturbado de forma normal, estimule a sua glande de forma suave ("ao de leve") com os seus dedos, até que atinja o clímax

7. Roupa interior
Com a sua roupa interior colocada, faça movimentos para que a sua glande "roce" com a roupa interior (isto após já ter uma total ereção). A estimulação ligeira e o tempo que demorará para sentir o prazer extremo, tornarão desta dica uma das obrigatórias a experimentar.

8. Duas mãos
Esta dica de masturbação envolve que utilize as suas duas mãos de forma ritmada. Realize um movimento descendente com a mão direita da glande até à base do seu pénis, e quando este movimento estiver completo repita-o com a mão inversa e assim sucessivamente.

Fonte: Escrito por Rafael Vicente

domingo, 10 de abril de 2011

Mulheres também apostam no sexo sem amor.

Foto: Terra
O "sexo sem amor" está se tornando cada vez mais freqüente para as mulheres. A prática sem compromisso era, até pouco tempo, mais comum para os homens, mas, os tempos mudaram. As mulheres conquistaram muitos direitos, inclusive este, o nem sempre bem visto direito de ter prazer sem um compromisso sério.

A seguir, veja os depoimentos de três mulheres que vivem o sexo livremente.

"Conquistei o meu prazer"
Desde a minha primeira vez, no assento traseiro de um carro com um garoto que sabia menos que eu e que não acreditou que eu era virgem porque não sangrou, ocorreu uma evolução constante e posso dizer orgulhosa que conquistei meu prazer.

Sem falar para ninguém, comecei a me masturbar e descobrir até onde poderia chegar com a auto-exploração. Até que chegou o Mr. Big, com quem terminei minha busca, entendi o jogo e gozei como nunca. Mas isso terminou e o meu corpo ficou pedindo mais.

O "sexo express" tem sido outra descoberta, mas não é tão cômodo. Não consigo me relacionar como diz a etiqueta, que separa totalmente o prazer do carinho e da ternura.

Tenho necessidade de entregar ternura durante e depois do sexo, olhos nos olhos, dormir abraçada. Juro que isso não significa que fiquei apaixonada pelo cara, simplesmente é assim que vivo o sexo, com carinho. E alguns se distanciam tão rapidamente, terminam com um "já tenho que ir".
Claudia, 32 anos

"O sexo é uma necessidade como tomar água"
Faço sexo sem compromisso porque creio que na minha idade posso me permitir isso. Tenho a necessidade de fazer sexo mesmo não estando compromissada. É uma necessidade básica, assim como quando tenho sede e preciso tomar água. Mas o "sexo express" não é tão natural, não é tão espontâneo, porque há certas formas e limites que quando se está com seu companheiro não existem. Então, você tem que se comportar seguindo uma certa pauta.

A pior parte desse tipo de sexo é que no final, quando a relação chega ao fim, você não tem nada a dizer nem a fazer.
Karen, 29 anos

"O sexo express tem regras claras"
Estou casada há seis anos e há dois faço sexo com outras pessoas. Procuro esses parceiros através de chats. Eu amo meu marido, mas também me amo, por isso busco me satisfazer. Faço isso porque me casei jovem e não tive muitas experiências anteriores.

O sexo com outros homens é algo que inclusive melhora a relação com meu marido, porque com os outros experimento coisas que depois faço em casa. Topei fazer sexo com pessoas muito diferentes. Uma vez, por exemplo, me amarraram e fui tratada com certa violência. Jamais pensei que isso iria me dar prazer, mas gostei. Não vou fazer isso novamente, mas como experiência foi válido.

O "sexo express" tem regras claras e uma delas é não pedir carinho. Sexo é sexo, amor é outra coisa. Tenho meu marido para me abraçar todos os dias. E creio que o principal pecado que as mulheres cometem no sexo sem compromisso é não saber separar as coisas.
Carolina, 30 anos

Fonte: Terra Chile

Conheça as fantasias sexuais das mulheres.

Foto: Terra
Durante muito tempo acreditou-se que as mulheres não tinham fantasias sexuais. Assim como não teriam necessidades eróticas, a imaginação não tomaria esse tipo de rumo. Mas, quando se aceitou sua autonomia sexual, sua capacidade de fantasiar passou a ser estudada e comprovou-se que ao longo do tempo existem cada vez mais mulheres que se atrevem a dizer que elas também imaginam coisas tradicionalmente consideradas como vergonhosas. E mais, que elas sentem prazer com elas.

As diversas investigações realizadas nesse sentido têm comprovado que quanto maior a capacidade de fantasiar das mulheres, maiores serão suas sensações eróticas e melhores os seus orgasmos. Ter fantasias parece liberar as mulheres dos antigos corpetes repressores que afligiam a sexualidade feminina.

Durante as fantasias, a imaginação floresce e prepara as situações, mais ou menos reais, que, no dia-a-dia, a pessoa não teria o atrevimento de fazer verdadeiramente. E esse componente fictício e irreal torna atrativo algo que na prática pode não ser para a pessoa.

As mulheres fantasiam durante a relação sexual
O modo de fantasiar influencia nitidamente a maneira de se relacionar sexualmente de homens e mulheres. As mulheres fantasiam situações em que outras pessoas fazem coisas por elas (seguindo a célebre e conhecida passividade feminina). Enquanto os homens têm fantasias com coisas que eles fazem para outros.

Exatamente por isso, um tipo de fantasia muito excitante para ambos os sexos é trocar de papel: eles imaginam que fazem coisas por eles e elas, que estão fazendo algo por alguém.

A masturbação é o melhor momento para a fantasia
Apesar de tudo, as fantasias sexuais durante o ato sexual costumam ser mais esporádicas do que as que acontecem quando se está sonhando acordada ou, mais freqüentemente, durante a masturbação.

A masturbação é o melhor momento para a fantasia, já que é um momento em que a mulher está sozinha, consigo mesma.

Quando se sonha acordada, desenvolvem-se fantasias mais elaboradas, com um maior número de elementos para compor o ambiente, lugares exóticos e enredos com algum sentido por mais simples que pareçam.

Os acontecimentos do passado, os desejos na maioria das vezes reprimidos, as situações temidas ou irrealizáveis são as principais fontes de inspiração para a criação de fantasias, em que a parceira ou algum desconhecido são os protagonistas.

Durante a masturbação, as mulheres costumam fantasiar basicamente com seu parceiro como objeto sexual (80%), as diferenças com os homens (75%) não são significativas neste terreno. Entretanto, encontram-se em outros aspectos.

No caso das mulheres, além disso, ter fantasias lésbicas faz com aumente o interesse por práticas sadomasoquistas, coisa que não acontece com os homens, que têm mais ojeriza ao próprio sexo do que as mulheres.

Um número de mulheres muito semelhante ao dos homens, 71%, tem sonhos eróticos durante a relação sexual. Em tais ocasiões, o objeto da fantasia pode ser outro homem ou mais comumente a própria parceira situada em um contexto erótico diferente.

As fantasias mais comuns entre as mulheres
As fantasias mais comuns entre as mulheres, além das já comentadas, por ordem de freqüência são:

- Realizar práticas sexuais que nunca seriam capazes de fazer na vida real
Isso inclui praticamente qualquer coisa e confirma o caráter lúdico que têm as fantasias eróticas. As mulheres têm esse tipo de fantasia em maior número de vezes que os homens. Cerca de 28% delas se excitam assim.

- Fazer sexo com um estranho
Uma em cada cinco mulheres fantasiam deste modo. Nessas ocasiões trata-se de alguém que faça parte dos arredores da mulher sonhadora. Mas, na maioria das vezes, trata-se de alguém que a mulher viu ocasionalmente na rua, no trabalho ou em qualquer outro ambiente cotidiano.

- Fantasiar que são obrigadas a fazer sexo com conhecidos ou desconhecidos
Cerca de 19% da mulheres, especialmente as mais jovens, têm esse tipo de desejo. Cuidado com essa fantasia, porque alguns explicam a violência contra a mulher pelo mesmo motivo. Não existe certo e errado. Trata-se de fantasias, de se excitar mediante atitudes sadomasoquistas ao seu redor (estar indefesa diante de outra pessoa pode ser excitante para pessoas muito "duronas" na vida real), porém, isso não implica desejo, nem direto nem indireto, de ser violada sexualmente ou de provocar violações.

- Fazer sexo com mais de uma pessoa do sexo oposto
Esse desejo ocupa a fantasia de 18% das mulheres. Faz parte dessa necessidade de imaginar situações que, provavelmente, não seriam capazes de realizar na vida real.

- Ter relações sexuais com alguém do mesmo sexo
Um número maior de mulheres heterossexuais do que de homens fantasiam com alguém do mesmo sexo: 11%. Isso acontece dessa forma porque as mulheres recebem culturalmente o mesmo gosto pela beleza feminina que os homens e são capazes de admirá-las sem preconceitos homófobos.

- Obrigar alguém a ter relações sexuais sem seu consentimento ou com consentimento forçado
Finalmente, a fantasia que ocupa o último lugar entre as mulheres (3%). Aparece com menor freqüência do que nos homens, principalmente porque este modo feminino geral de fantasiar supõe que elas se vejam como receptoras da atividade sexual exercida por outros. Nesse contexto, forçar terceiras pessoas a fazer algo está quase fora de cogitação, pois isso implicaria ser mais ativa do que receptiva.

Fonte: Terra Espanha

sábado, 2 de abril de 2011

Erotismo contra a pedofilia.

A Erótika Fair é famosa por trazer novidades eróticas, show internacionais e tudo o que safados, tarados, adictos em sexo e pessoas normais adoram.

A feira, que está em sua 18ª edição e acontece entre os dias 7 e 10 de abril, quer que as pessoas façam sexo e sejam felizes. Mas sem que isso custe o sofrimento alheio, sobretudo dos menores.

Por isso o evento faz campanha contra a pedofilia e a exploração sexual de crianças e adolescentes. A Associação Brasileira das Empresas do Mercado Erótico e Sensual (Abeme) e a JL Feiras Promoções e Eventos, promotora da Erótika Fair, querem o envolvimento na campanha pelas empresas expositoras e profissionais do setor.

Para chamar atenção do público, haverá uma manifestação de rua, dias antes da feira, com maiores de 65 anos eroticamentetrajados, para lembrar a todos que o amadurecimento natural de uma criança precisa ser respeitado.

Com isso, os organizadores também desejam levantar a questão do sexo seguro na terceira idade. Senhores e senhoras abordarão pessoas e carros, distribuindos adesivos, e artistas do mercado adulto distribuirão camisinhas. Idosos e artistas também estarão na Erótika Fair. Para denunciar exploração sexual de menores, disque 100.

Fonte: Atenasonline - Laura Lopes