segunda-feira, 29 de agosto de 2011

ÓRGÃO GENITAL MASCULINO: O TAMANHO É IMPORTANTE?

Geralmente, o falo atinge seu tamanho definitivo aos 16/17 anos de idade e 80% dos falos eretos situam-se entre 11 e l6 cm, sendo 14 cm a medida mais comum. O pequeno tamanho do órgão genital em repouso não é relevante; é no estado ereto que ele exerce sua função. O prazer feminino independe do tamanho do órgão genital, mas sim de um conjunto de fatores que cerca o ato sexual: clima, desejo, grau de excitação e "habilidade" do parceiro. A maioria dos órgãos denitais feminino tem uma profundidade entre 09 a 12 cm.

Portanto, a grande maioria dos órgãos genitais masculinos adequa-se a quase todas os órgãos genitais feminino. A insatisfação quanto ao tamanho do falo é uma queixa comum no consultório do urologista. Na maior parte dos casos a insatisfação não deriva de uma queixa do parceiro, mas sim do desejo do paciente de possuir um falo maior, seja por desconhecimento das medidas normais, seja por comparações errôneas com outros órgãos genitais, principalmente com os vistos em revistas ou filmes eróticos, ou através de "vantagens" contadas por amigos. Porém o que observamos na prática é bem diferente.

Cerca de 90% dos casos enquadram-se nas seguintes condições:

1 - Genitália de tamanho normal, adequado para sua função.
2 - Genitália de tamanho normal, adequado para sua função, "escondido" parcialmente pelo aumento da gordura pré-pubiana comum nos obesos.
3 - Genitália de tamanho normal, adequado para sua função, em um homem alto com falo proporcionalmente pequeno.
4 - Genitália de tamanho normal, adequado para sua função, mas parcialmente encoberto por uma implantação anormal da bolsa escrotal.

Como cada caso é único, em dúvida solicite a avaliação de um urologista. Mas atenção: Bombas de vácuo e aparelhos "esticadores" não possuem a simpatia da comunidade urológica e os "milagres" a eles atribuídos não têm comprovação científica. Não há estudos sobre as conseqüências do seu uso, portanto, é melhor não arriscar.

Fonte: Portal São Francisco

Nenhum comentário:

Postar um comentário